Khloé Kardashian e Tristan Thompson ameaçam processar modelo após teste de paternidade

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O advogado do casal Khloé Kardashian, 35, e Tristan Thompson, 29, divulgou uma carta nesta quarta-feira (13) em que exige que a modelo Kimberly Alexander pare de "difamá-los com mentiras maliciosas e ilusórias" relacionadas à paternidade de seu filho, que ela alega ser do jogador da NBA.

Segundo o canal E!, Tristan fez um teste de paternidade em janeiro deste ano, mas o resultado deu negativo. Kimberly então passou a fazer alegações de que o casal teria fraudado o teste, além de ter solicitado um segundo exame do jogador, pedido que teria sido aceito por Tristan Thompson.

O advogado Marty Singer afirma que a única exigência feita pelo jogador de basquete é que o novo teste fosse feito em um laboratório credenciado pela AABB (Associação Americana de Bancos de Sangue), o que levou a modelo a questionar a idoneidade do primeiro laboratório em suas redes sociais.

"Depois que o teste realizado por um dos laboratórios mais conceituados mostrou que o sr. Thompson não é o pai do seu filho, pensamos que seria o fim disso. Mas você continuou a espalhar mentiras ultrajantes sobre meus clientes, incluindo teorias ridículas de conspiração", afirmou o advogado na carta.

O representante do casal afirma ainda que a modelo está tentando ter seus 15 minutos de fama, mas destaca que Khloé e Thompson "não tolerarão sua conduta desprezível". Assim, a carta pede que ela interrompa as supostas difamações, sob o risco de ser processada em ações de milhões de dólares.

Tristan Thompson é pai de dois filhos: Prince Thompson, 3, fruto de seu relacionamento com a ex Jordan Craig, e True Thompson, 2, fruto de sua relação com Khloé Kardashian. O casal, que estava separado há mais de um ano, teria voltado a morar junto durante a quarentena do novo coronavírus.

A separação de Khloé Kardashian com Tristan Thompson aconteceu depois de a socialite descobrir que Tristan a traiu, mais uma vez, com o agravante da amante desta vez ser Jordyn Woods, a melhor amiga de Kylie Jenner (meia-irmã da Kardashian). A informação foi divulgada pelo site americano TMZ, que ouviu fontes próximas à família.

Segundo relatos, o jogador de basquete teria sido visto em uma festa, em fevereiro de 2019, beijando Jordyn, e uma fonte próxima as Kardashian teria dito que Khloé já havia "sofrido demais". No Twitter, Tristan disse nos dias seguintes que se trata de uma notícia falsa.

Em 2017, um dia antes de Khloé conceber True, foram divulgados vídeos de Tristan com outras mulheres em um hotel em Nova York. Ainda assim, a Kardashian decidiu seguir o relacionamento, especialmente por conta da filha.