Kevin Spacey se declara inocente de acusações de agressão sexual em Londres

O ator americano Kevin Spacey, alvo de quatro acusações de agressões sexuais contra três homens, se declarou inocente à justiça britânica durante uma audiência preparatória nesta quinta-feira em Londres.

O artista de 62 anos, que teve a carreira arruinada por acusações de agressão sexual nos Estados Unidos em 2017, retiradas desde então, compareceu a um tribunal de Londres para responder sobre supostos atos ocorridos entre 2005 e 2013.

Depois de ser deixado em liberdade ao final de uma primeira audiência, em 16 de junho, Spacey se declarou inocente nesta quinta-feira das supostas agressões cometidas, em sua maioria no bairro londrino de Lambeth, onde fica o famoso teatro Old Vic, do qual foi diretor artístico entre 2004 e 2015.

Duas acusações apresentadas se referem a agressões sexuais cometidas em março de 2005 em Londres contra o mesmo denunciante, que hoje tem mais de 40 anos.

Outra agressão sexual envolveu um segundo denunciante em agosto de 2008 - atualmente a pessoa tem mais de 30 anos - e implica atividades sexuais com penetração sem consentimento.

O ator é acusado por uma quarta agressão sexual, em abril de 2013 em Gloucestershire, sudoeste da Inglaterra, contra um terceiro homem, também na casa dos 30 anos.

"O senhor Spacey nega veementemente qualquer tipo de crime neste caso", afirmou seu advogado, Patrick Gibbs, em 16 de junho.

A onda de acusações que acabou com a carreira de sucesso de Spacey correspondeu ao surgimento do movimento #MeToo, que nasceu em 2017 do caso do poderoso produtor de cinema americano Harvey Weinstein.

vg/pz/mar/zm/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos