Kesha entra com pedido de compensação em processo contra Dr. Luke

·1 minuto de leitura
Kesha credit:Bang Showbiz
Kesha credit:Bang Showbiz

Kesha entrou com um pedido de compensação financeira em seu processo judicial contra Dr. Luke.

A estrela de 34 anos solicitou que seja reembolsada pelos gastos com os honorários de seus advogados.

A artista vem travando uma longa batalha judicial contra o produtor desde 2014, quando ele abriu um processo por difamação após a cantora acusá-lo publicamente de abuso físico, sexual e emocional.

Esta semana, Kesha recebeu autorização de uma corte americana para recorrer à nova lei de liberdade de expressão do estado de Nova York, que permite que a cantora faça um pedido de compensação financeira a Dr. Luke pelos custos de sua defesa na batalha judicial de oito anos.

“No julgamento, um júri irá concordar que Kesha está dizendo a verdade e, portanto, necessariamente concluirá que o Dr. Luke sabia que ele havia abusado sexualmente de Kesha em 2005, mas mesmo assim perseguiu por anos uma ação sem mérito. Kesha tem direito a indenização compensatória e por danos, e pelos honorários advocatícios e custos incorridos para defender o processo”, defenderam os advogados da cantora em documentos judiciais obtidos pelo ‘Page Six’.

Segundo os advogados da estrela, a estratégia do produtor é “projetada para humilhar e destruir Kesha”, em uma tentativa de forçar a artista a retirar as acusações de abuso.

A decisão de pedir compensação financeira veio após Kesha entrar com um contra-processo em abril deste ano utilizando uma nova lei que visa acabar com o bullying por indivíduos poderosos nos tribunais americanos.

No ano passado, um juiz concluiu que Kesha fez uma declaração falsa ao enviar uma mensagem de texto para Lady Gaga alegando que Dr. Luke também havia abusado de Katy Perry. Entretanto, a nova legislação possibilitou que a cantora explorasse novas estratégias em sua defesa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos