Kerline entrou no "BBB 21" endividada e se arrepende de ter deixado redes com familiares

·2 min de leitura

Kerline, "BBB 21", lembrou quando foi a primeira eliminada do reality show. A ex-sister contou em entrevista no "Fogo no Parquinho", do Yahoo!, nesta segunda-feira (17) que quando entrou no programa, não planejou como funcionariam suas redes sociais, o que ela acredita que tenha sido um fator crucial para sair logo no início, pois estava endividada.

"Não deixei nenhuma equipe. Não tinha dinheiro para bancar estrutura de marketing, não tinha dinheiro para bancar absolutamente nada, porque já entrei endividada, entrei com o intuito de ganhar dinheiro. Na minha família, meus pais, não tem ninguém que trabalha com internet. E isso me prejudicou muito", disse ela.

Kerline deixou o "Big Brother Brasil 21" com 83,50% dos votos, e disputa com Rodolffo e Sarah Andrade, o que foi um choque para ela, já que tinha poucos dias de confinamento. "De fato, um dos motivos para eu sair com percentual tão alto foram os equívocos causados pela minha família em relação a não saber como levar [as redes sociais], não entregar na mão de administradores. Então, ficou aquela confusão. Mudança de voto, uma hora votava em um, outra hora em outro", explicou.

"BBB 22": Kerline revela troca de olhares com brother do Camarote

E não é que a Farofa da Gkay continua rendendo? Kerline Cardoso entregou que quase beijou um dos participantes do Camarote do "BBB 22", mais precisamente o velocista Paulo André Camilo.

Para a ex-sister, ter profissionais cuidando das redes enquanto está confinado no reality é crucial. "Meu Instagram também não foi bem alimentado, não tinha um jurídico legal. E, hoje, isso no 'Big Brother' conta 100%. A internet pode te alavancar ou acabar com o seu jogo lá dentro", ensinou.

Kerline Caroso atribui rejeição no "BBB" por não contratar ADMs: "Ficou aquela confusão"

A influenciadora contou que quando entrou deixou suas contas com os pais, que não entendiam como falar com os seguidores ou administrar as contas. “Não tem ninguém que trabalha com internet e isso me prejudicou muito. Um dos motivos de eu ter saído com uma porcentagem tão alta foram os equívocos causados pela minha família em relação a não saber como levar as redes sociais”, avalia.

“Nunca falei sobre isso, mas quando entrei também não deixei nenhuma equipe. Não tinha dinheiro para bancar estrutura de marketing, para bancar nada. Entrei endividada e com o intuito de ganhar dinheiro”, diz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos