Kate Middleton destaca papel das parteiras como humilde e crucial

Agência
Palácio de Kensington/PA Wire/Divulgação via REUTERS

Kate Middleton, esposa do príncipe William, escreveu uma carta aberta de agradecimento às parteiras britânicas nesta sexta-feira, 27, depois de passar vários dias observando um hospital maternidade, chamando o trabalho delas de humilde e crucial.
A duquesa de Cambridge tem 37 anos e é mãe de George, de seis, Charlotte, de quatro, e Louis, de um aninho. Ela passou um mês no hospital Kingston, no sudoeste de Londres, acompanhando as parteiras em suas rondas diárias e indo para a casa das pessoas com elas.
“Fiquei verdadeiramente emocionada com a confiança que as pessoas depositaram em mim, compartilhando suas experiências e expressando seus medos abertamente”, escreveu ela.
Kate também visitou clínicas e enfermarias pós-natal. “Não importa o cenário, fiquei continuamente impressionada com a compaixão que demonstraram aquelas de vocês com quem passei um tempo e com a incrível ética de trabalho que demonstraram em nome de toda a sua profissão”, escreveu.
Ela disse que dedicou uma quantidade significativa de seu trabalho aos primeiros anos das crianças, o período entre a gravidez e os cinco anos de idade.
O papel das parteiras no apoio a essa fase vai muito além da complicada tarefa de dar à luz um bebê com sucesso, ponderou. “A ajuda e a garantia que vocês fornecem aos futuros pais e pais de recém-nascidos são igualmente cruciais”, acrescentou. “É um longo caminho para construir a confiança dos pais desde o início, com um impacto ao longo da vida na felicidade futura de seus filhos”, declarou a duquesa.
Ela observou que a Organização Mundial de Saúde designou 2020 o “Ano da Enfermeira e Parteira” em homenagem ao 200º aniversário de nascimento de Florence Nightingale.