Kate Bush lidera paradas do Reino Unido com hit de 1985 graças a “Stranger Things”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Elenco de "Stranger Things" chega para evento em Los Angeles em 2020
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LONDRES (Reuters) - A cantora e compositora Kate Bush liderou nesta sexta-feira as paradas do Reino Unido com o seu hit de 1985, “Running Up That Hill”, batendo vários recordes com a música que renasceu graças à série da Netflix “Stranger Things”.

“Running Up That Hill (A Deal With God)” atingiu sua melhor posição em terceiro lugar quando foi inicialmente lançada, mas encontrou uma nova base de fãs na geração mais jovem na última temporada da série que se passa nos anos 1980, sobre horrores sobrenaturais em uma cidade ficcional de Indiana, chamada Hawkins.

A música, do álbum “Hounds of Love” de Bush, foi bem nas paradas de vários países, incluindo os Estados Unidos, desde que o primeiro pacote de episódios da quarta temporada de “Stranger Things” chegou à Netflix no fim de maio.

Bush, que chegou à fama em 1978 com o seu single de estreia “Wuthering Heights”, com o qual a então cantora de 19 anos ganhou fãs com sua voz única e passos de dança expressivos, fez um raro comentário sobre a nova popularidade da música e disse que ela era fã da série de ficção científica criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer.

“É muito tocante que a música tenha sido recebida tão acaloradamente, especialmente por causa dos fãs jovens que amam as séries”, disse Bush, de 63 anos, em um comunicado no início deste mês.

A Official Charts Company disse que Bush bateu três recordes das paradas oficiais nesta sexta-feira: maior tempo para um single chegar ao primeiro lugar --37 anos--, assim como artista feminina mais velha a conseguir colocar uma música na liderança.

E 44 anos desde a última vez que ela teve uma música em primeiro lugar no Reino Unido, com “Wuthering Heights”, Bush agora detém o recorde de maior intervalo entre singles no 1º lugar da história do Official Chart.

(Reportagem de Marie-Louise Gumuchian)

((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447702)) REUTERS AC

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos