Modelo revela que encerrou contrato com a Victoria's Secret por causa do feminismo

Karlie Kloss no Victoria's Secret Fashion Show em 2017 (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)

A modelo norte-americana Karlie Kloss foi uma Angel da Victoria’s Secret por três anos. Ela, que é feminista atuante e filantropa, encerrou o contrato com a marca em 2015 e só agora revelou o motivo por trás da decisão.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Capa da edição de agosto da ‘Vogue’ britânica, a top contou à publicação que não transmitia seus valores quando trabalhava com a gigante de lingerie.

Leia também

“Não sentia que era uma imagem que refletia verdadeiramente o que sou e o tipo de mensagem que quero passar para garotas do mundo inteiro sobre o que significa ser bonita”, explica Karlie. Na época, ela estava começando a estudar as teorias do feminismo na conceituada Universidade de Nova York (NYU), o que influenciou na escolha.

“Acho que foi um momento crucial para assumir meu poder como feminista, sendo capaz de fazer minhas próprias escolhas e minha própria narrativa, seja por meio das empresas com quem escolho trabalhar ou da imagem que eu coloco para o mundo”, explica. Alguma dúvida de que ela é sinônimo de girl power? Arrasou!

Em 2017, Karlie Kloss reviveu a parceria com a VS e desfilou pela última vez no icônico desfile anual da marca que aconteceu em Xangai, na China.

Karlie Kloss no Victoria's Secret Fashion Show em 2017 (Foto: J. Lee/FilmMagic)

A modelo ainda falou sobre a importância de se posicionar. “No final da minha adolescência, tinha medo de perder um trabalho ou posição por dizer que não queria fazer algo. Mas eu não perdi trabalhos. Quanto mais eu exercitava o poder da minha voz, mais eu ganhava o respeito dos meus colegas e respeito por mim mesma”, diz.

“Só agora eu tenho a confiança para me manter em pé - no alto dos meus 1,88 metros - e sei do poder da minha voz”, finaliza. Musa inspiradora!