Kardashians não farão campanha para Caitlyn Jenner ao governo da Califórnia

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As Kardashians não estarão ao lado de Caitlyn Jenner, 71, na disputa pelo governo da Califórnia (EUA). Os principais motivos seriam a maneira como ocorreu o seu divórcio com Kris Jenner, 65, e o posicionamento político da família, que é divergente. Segundo fontes ouvidas pelo site norte-americano TMZ, Jenner já esperava que a família não fizesse parte de sua campanha. Ela é republicana de longa data, de orientação mais conservadora, e anunciou nessa sexta-feira (23) seu desejo em se tornar governadora. As Kardashians tendem ao partido Democrata, e acompanharam a campanha de Hillary Clinton à Presidência dos Estados Unidos em 2016, quando ela perdeu para Donald Trump. Na mesma época, Jenner apoiou Donald Trump, que se sagrou vencedor no pleito. Outro motivo que impediria a família de socialites de estarem junto a Jenner na campanha é como ocorreu o divórcio com Kris. Ambas ainda teriam sentimentos não resolvidos em decorrência da separação, e suas filhas não querem se envolver nisso. Kim se manteve ativa na política ultimamente, chegando a atuar junto a Donald Trump no debate sobre reforma do sistema prisional norte-americano, embora não estivesse particularmente alinhada com o Republicano. Mas ela também nunca chegou a apoiar a candidatura de Kanye West à presidência enquanto ainda formavam um casal.