Kanye West: saiba quantos bilhões Ye perdeu em um dia após polêmicas

Kanye West voltou ao Instagram quase três semanas depois de ter sido bloqueado de sua conta por comentários antissemitas, que desencadearam críticas e empresas cortando laços com ele. Agora, pelas redes sociais, o ex-marido de Kim Kardashian está aproveitando a oportunidade para deixar seus seguidores atualizados do seu lado de todo o seu drama, incluindo a confirmação de que acabou de perder uma enorme quantidade de dinheiro em um único dia.

Kanye West começou dirigindo uma mensagem a Ari Emanuel, CEO da poderosa agência de talentos Endeavor, que criticou seu "ódio equivocado" em um editorial de jornal. "Aqueles que continuam a fazer negócios com West estão dando audiência a seu ódio equivocado. Não deve haver tolerância em nenhum lugar para o antissemitismo de West. Este é um momento da história em que as apostas são altas e ser aberto sobre nossos valores, e vivê-los, é essencial. Silêncio e inação não são uma opção", declarou o CEO.

No post desta quinta-feira (27), com a legenda "LOVE SPEECH", Ye escreveu: "Perdi 2 bilhões de dólares em um dia e ainda estou vivo. Isso é um discurso de amor. Eu ainda amo você. Deus ainda ama você. O dinheiro não é quem eu sou. sou. O povo é quem eu sou".

Saiba quando começou a polêmica com Kanye West

O mês de controvérsia de Ye começou em seu desfile de moda Yeezy em 3 de outubro, em Paris. Ele apareceu vestindo uma camisa estampada com as palavras "White Lives Matter", um slogan comumente usado por supremacistas brancos, bem como oponentes do movimento Black Lives Matter. Depois, o músico continuou compartilhando seus pensamentos no Twitter . "O engraçado é que eu realmente não posso ser anti-semita porque os negros também são judeus. Vocês brincaram comigo e tentaram jogar bola preta em qualquer um que se oponha à sua agenda."

As declarações antissemitas levaram Ye a ser bloqueado de suas contas no Instagram e no Twitter, mas ele fez comentários semelhantes em entrevistas subsequentes, levando várias empresas a cortar os laços com ele. Durante um episódio do podcast "Drink Champs", Ye afirmou que a Adidas não o abandonaria apesar de seu comportamento. No entanto, a marca provou que ele estava errado na terça-feira, quando anunciou o fim de seu relacionamento comercial.

Leia +


Leia +

Horóscopo do dia: saiba suas previsões para esta quinta (27)
Horóscopo do dia: saiba suas previsões para esta sexta (28)
Biel sumiu? Relembre o último post do cantor e saiba como os fãs estão reagindo após as polêmicas