Kanye West ‘pode perder custódia' dos filhos após série de escândalos

Kanye West está sendo avisado de que pode perder a custódia total de seus quatro filhos com Kim Kardashian. credit:Bang Showbiz
Kanye West está sendo avisado de que pode perder a custódia total de seus quatro filhos com Kim Kardashian. credit:Bang Showbiz

Kanye West foi informado que pode perder a custódia de seus quatro filhos com Kim Kardashian após se envolver em uma série de escândalos.

Especialistas jurídicos acreditam que um juiz pode impedir o contato do rapper com seus quatro filhos, cuja guarda ele compartilha com sua ex-esposa depois que ele optou por não comparecer à audiência agendada para 16 de novembro.

Documentos judiciais vistos pelo The US Sun mostram que o astro de 45 anos terá uma última chance de ser questionado pela equipe jurídica de Kim em 29 de novembro.

Se ele decidir não aparecer novamente, isso pode ter implicações definitivas sobre suas chances de custódia de North, 9, Saint, 6, Chicago, 4 e Psalm, 3.

“Se Kanye se recusar a comparecer ao seu depoimento, o juiz poderá sancioná-lo monetariamente, fazê-lo pagar honorários advocatícios e se for uma violação de descoberta flagrante o suficiente, o juiz pode impedi-lo de apresentar um caso a julgamento", disse Lexie Rigden, advogada de direito da família de Nova Jersey, da Rigden Law LLC.

Rachel Fiset, sócia-gerente da Zweiback, Fiset Zalduendo LLP, acrescentou: “Evitar um depoimento em litígio é tratado com seriedade pelo juiz, principalmente quando se trata de uma ofensa reincidente... no geral, isso pode prejudicar seu caso. No caso mais grave, o juiz pode decidir contra ele e ele pode obter uma sentença de custódia menor e uma disposição monetária menos favorável”.

Foi relatado que Kim, 42, está feliz em dividir com Kanye a custódia meio a meio, mas recentemente o artista afirmou nas redes sociais que ela os tem em casa 80% do tempo.