Justin Timberlake pede desculpas após acusações de misoginia contra Britney Spears e Janet Jackson

Mayumi Yamasaki
·2 minuto de leitura
A carta aberta foi publicada no Instagram (Getty Images)
(Getty Images)

Nesta sexta-feira (12), Justin Timberlake apareceu no Instagram e fez um pedido de desculpas à ex-namorada Britney Spears. O pronunciamento vem na sequência da repercussão mundial do documentário “Framing Britney Spears”, do canal FX em parceria com o jornal The New York Times, que lançou luz sobre temas como assédio midiático, críticas e pressão familiar que culminaram na situação complicada em que a cantora se encontra.

“Eu tenho visto mensagens, hashtags, comentários, preocupações [que têm me mandado] e quero respondê-los”, comentou o artista antes de dizer que sente muito pelas vezes em que as ações dele contribuíram para fomentar a misoginia e o racismo, quando falou fora de hora e não defendeu o que era certo.

Timberlake confessou: “Eu entendo que falhei e me beneficiei de um sistema que tolera misoginia e racismo”. Diante disso, veio o pedido público de perdão a duas grandes artistas. “Quero me desculpar especificamente com Britney Spears e Janet Jackson individualmente porque me importo e respeito essas mulheres, com as quais sei que falhei”, escreveu em referência a eventos que aconteceram há cerca de 20 anos.

Vale lembrar que o relacionamento dele com a Britney teve um final bastante conturbado e o cantor até chegou a acusá-la vagamente de traição no clipe de “Cry Me a River”, que foi lançado em 2002 e trazia uma atriz bastante parecida com a princesa do pop. Por fim, a cantora foi exposta a uma série de julgamentos que fomentaram o início do que seria uma crise psicológica ocorrida em 2007.

O pedido de desculpas direcionado a Janet Jackson, por sua vez, veio provavelmente porque ele puxou a roupa da artista após um gesto não calculado e expôs o seio direito dela em uma apresentação no intervalo do Super Bowl. Enquanto a situação foi justificada como uma falha de figurino, Jackson foi amplamente criticada e Timberlake conseguiu se esquivar da responsabilidade, fazendo muito sucesso nos anos seguintes.

No fim, o cantor escreveu: “Eu sei que esse pedido de desculpas é um primeiro passo e não absolve o passado. Eu quero assumir a responsabilidade por meus passos em falso, assim como quero ser parte de um mundo que eleva e apoia”.

Veja o post original: