Justin Bieber quebra isolamento social e causa aglomeração em festa nos EUA

·1 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01-04-2017: Show do ídolo teen Justin Bieber no Allianz Parque, ele faz a Purpose World Tour. (Foto: Avener Prado/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 01-04-2017: Show do ídolo teen Justin Bieber no Allianz Parque, ele faz a Purpose World Tour. (Foto: Avener Prado/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Justin Bieber, 27, já não parece estar tão preocupado com a pandemia de coronavírus nos Estados Unidos. Mesmo que o país esteja vacinando sua população em ritmo acelerado, a doença preocupa as autoridades locais e ainda precisa ser combatida com medidas restritivas.

Mas o músico decidiu quebrar o isolamento social em Los Angeles para organizar uma festa e, consequentemente, causar aglomeração de pessoas.

Autoridades locais continuam pedindo para que a população não saia de suas casas se não houver necessidade e atualmente há uma proibição para que bares e baladas funcionem. Encontros privados que incluam mais de três moradores de casas diferentes também estão proibidos.

De acordo com a revista Elle, há dois dias, Justin organizou uma festa privada, para celebrar o lançamento de seu novo álbum, no badalado restaurante The Nice Guy. Sua esposa, Hailey Bieber, e Kendall e Kylie Jenner estiverem presentes. Diferentemente do cantor, as duas estrelas do reality Keeping Up with the Kardashians usavam máscaras quando chegaram ao local.

Elas, assim como próprio Justin, já haviam causado polêmica nos últimos meses por ignorarem outras medidas de combate à Covid-19.

A hipótese de que os convidados da festa já estivessem vacinados foi levantada, mas, independetemente de o encontro configurar uma infração às medidas sanitárias de qualquer forma, adultos só começarão a ser vacinados na Califórnia em abril.