Justin Bieber confirma shows no Brasil após tratar paralisia no rosto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Justin Bieber anunciou que retornará aos palcos com sua turnê "Justice World Tour", um mês após cancelar shows nos Estados Unidos e no Canadá. Diagnosticado com a síndrome de Ramsay Hunt, o astro pop suspendeu as apresentações durante o mês de junho após uma paralisia facial.

Com isso, ficam confirmados os seus shows no Brasil, em setembro.

Bieber confirmou que realizará a apresentação agendada para o dia 31 de julho na Itália, durante o Lucca Festival. O anúncio foi feito na noite desta terça (19), por meio da conta oficial da turnê no Instagram.

Até o momento, o artista tem apresentações confirmadas na Europa, na América do Sul, na África do Sul, no Oriente Médio, na Ásia, na Austrália e na Nova Zelândia. Ainda não há informações sobre novas datas para os shows nos Estados Unidos e no Canadá.

No Brasil, Bieber se apresenta no Rock in Rio no dia 4 de setembro, e no Allianz Parque, em São Paulo, nos dias 14 e 15. Os ingressos para os shows na capital paulista custam de R$ 350 a R$ 1.000.

O cantor canadense de 28 anos foi diagnosticado com uma doença rara. No último dia 10, ele compartilhou um vídeo nas redes sociais para explicar para os fãs o que está acontecendo.

"Como você provavelmente pode ver no meu rosto, eu tenho uma síndrome chamada síndrome de Ramsay Hunt. É esse vírus que ataca o nervo do meu ouvido e da face que fez com que meu rosto ficasse paralisado", disse Bieber explicando como se manifesta a doença.

Ele também sorriu e piscou, mostrando a seus 240 milhões de seguidores como o lado direito de seu rosto não se movia. "Como você pode ver, este olho não está piscando. Eu não posso sorrir deste lado do meu rosto. Esta narina não se move, então há paralisia total deste lado do meu rosto", disse o cantor Bieber apontando para o lado direito do rosto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos