Justiça ordena que Danilo Gentili pague R$ 2,8 mi à Band por quebra de contrato

Lucas Pasin
·1 minuto de leitura
Danilo Gentili teve a apelação negada no STJ (reprodução/instagram @danilogentili)
Danilo Gentili teve a apelação negada no STJ (reprodução/instagram @danilogentili)

Uma briga travada por Danilo Gentili e Band na Justiça parece ter chegado ao fim. De acordo com informações do 'UOL', publicada nesta terça-feira (27), a juíza Adriana Benedito, da 18ª Vara Cível de São Paulo, ordenou o apresentador a pagar R$ 2.864.461,05 para a Bandeirantes por quebra de contrato.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

Tudo aconteceu porque em 2013 Gentili comandou na Band o talk show "Agora é Tarde". No ano seguinte, ele acertou com o SBT, onde atualmente apresenta o "The Noite". A Justiça considerou que Gentili assinou com o SBT mesmo tendo contrato com a Band. A Bandeirantes venceu a disputa jurídica contra o apresentador e o processo transitou em julgado em 2019, ou seja, não cabe mais recurso.

Leia também

De acordo com o UOL, a A Bandeirantes afirmou ter investido mais de R$ 10 milhões para ter direito à utilização do formato do talk show do "Agora É Tarde".

Durante o processo, Gentili rebateu as acusações da Bandeirantes e, por meio de seus advogados, negou ter violado os termos do contrato, e que o pedido de rescisão por justa causa ocorreu devido à "conduta negligente da emissora".