Justiça livra Zé Neto de pagar dívida de quase R$ 60 mil

·1 minuto de leitura
Zé Neto (Foto: Reprodução/Instagram @zenetotoscanoreal)
Zé Neto (Foto: Reprodução/Instagram @zenetotoscanoreal)

O sertanejo Zé Neto, da dupla com Cristiano, recorreu na justiça de São Paulo ao ser cobrado por dívidas de R$ 15 mil, R$ 18 mil e R$ 25,5 mil que estava em seu nome. Ele defendeu que não tinha feito nenhum negócio que justificasse as cobranças.

Conforme o processo, o artista pediu para anular a cobrança de três boletos, por considerar indevidas. O juiz Paulo Sérgio Romero Vicente Rodrigues da 4ª Vara Civil de São José do Rio Preto (SP) alegou que as dívidas são “inexigíveis”, conforme o portal UOL.

Leia também:

A pecuarista de Uberaba, Melina Victoria Keller Herrera emitiu boletos que a beneficiavam nos valores devidos. Ela teve a oportunidade de recorrer à decisão com documentos que contradissessem Zé Neto, porém isso não aconteceu.

O processo teve início em abril de 2020. Melina terá que pagar as custas do processo e honorária de R$ 800,00.

 Atualmente Zé Neto está em Cancún no México, e já chegou a compartilhar momentos de tensão com furacão. O cantor publicou um vídeo para dizer que está bem, mas sentiu muito medo. "Preocupadíssimo com esse trem", afirmou. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos