Justiça determina que Leonardo DiCaprio terá de devolver estatueta do Oscar

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Leonardo DiCaprio com o Oscar que ganhou em 2016 (Foto: Adrian Sanchez-Gonzalez/Getty Images)
Leonardo DiCaprio com o Oscar que ganhou em 2016 (Foto: Adrian Sanchez-Gonzalez/Getty Images)

Parece que Leonardo DiCaprio e a estatueta do Oscar estão sempre se desencontrando. A justiça norte-americana determinou que o ator deve devolver uma dele.

Leia mais: Fãs pedem que NASA resgate Tony Stark, e agência entra na brincadeira

Calma, não foi o troféu vencido pelo ator em 2016, por O Regresso. Trata-se do prêmio que Marlon Brando ganhou em 1954, por Sindicato de Ladrões. O “homenzinho dourado” foi um presente do empresário malaio Jho Low, que financiou um filme de DiCaprio, O Lobo de Wall Street.

Leia mais: Diretor de ‘O Sexto Sentido’ promete surpreender o público novamente com ‘Vidro’

Acontece que Low é o pivô de um escândalo financeiro, um golpe bilionário num fundo de investimentos. Ele está foragido e especula-se que esteja escondido na China.

A justiça norte-americana, então está confiscando bens do empresário – e a estatueta é um deles. Além do Oscar, Low também presenteou DiCaprio com um quadro do famoso pintor Pablo Picasso.

Uma organização anticorrupção sediada na Alemanha ainda chegou a pedir que o ator devolvesse os mais de R$ 78 milhões de reais recebidos por O Lobo de Wall Street.

Assim que o processo for concluído, a Academia do Oscar terá o direito de comprar novamente a estatueta por US$ 1, um acordo vigente para todos os premiados.

Assista a seguir: Conheça a mansão de R$ 6,8 mi de Leonardo DiCaprio


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos