Justiça condena Zezé Di Camargo a pagar R$ 69 mil para ex-funcionário

Cantor foi processado por antigo motorista e terá que indenizá-lo (Reprodução/Facebook/Zezé Di Camargo e Luciano)

Sucesso nos palcos de todo o país e também nas redes sociais, nas quais já protagonizou uma série de barracos, o cantor Zezé Di Camargo, 54, foi processado por um antigo funcionário e perdeu a ação.

De acordo com informações do colunista Léo Dias, do jornal “O Dia”, a 9ª Vara da Justiça do Trabalho de São Paulo condenou o artista sertanejo a pagar o valor de R$ 69.667.56 para o seu ex-motorista, Murillo Luciano Alves, que alegou não ter recebido muitos dos seus direitos na época em que trabalhava com o famoso.

Leia mais:
Justin Bieber procura garotas em casas de massagem para sua temporada no Rio
Bruno Gagliasso aparece com a filha Titi e foto se destaca na internet

Murilo exigiu na ação o pagamento de algumas horas extras, férias e 13º salário. Procurado, Zezé Di Camargo tem 48 horas para quitar a dívida. Ainda segundo o veículo, o cantor está envolvido com outro processo. Desta vez, a viúva de um antigo segurança do famoso que se suicidou em 2014 pede os direitos trabalhistas do marido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos