Justiça nega pedido de liberdade a Daniel Alves e decide manter jogador preso

Daniel Alves segue preso credit:Bang Showbiz
Daniel Alves segue preso credit:Bang Showbiz

A Justiça espanhola negou o pedido de liberdade provisória a Daniel Alves, que está preso em Barcelona após ter sido acusado de estupro.

Os juízes que avaliam o caso decidiram que o jogador da Seleção continuará em prisão preventiva, justificando que "haveria risco de fuga" caso ele fosse autorizado a responder em liberdade.

"Sua colaboração inicial não anula o risco de fuga para que ele saia ileso da maior parte da investigação e da conclusão do caso. Isso porque, agora, o senhor Alves tem conhecimento das inúmeras evidências que existem contra ele e da extensão do processo", disseram os magistrados em um trecho do documento processual, o qual foi publicado pelo portal UOL.

A defesa do atleta criticou a decisão da corte espanhola.

"Daniel Alves da Silva segue sendo tão inocente como era antes do veredito do processo. Sua vontade de abandonar a Espanha e evitar o processo era e é inexistente. A sentença é assimétrica", disse o advogado do futebolista.

O jogador está preso desde o dia 20 de janeiro, acusado de abusar sexualmente de uma mulher no banheiro de uma boate. Daniel foi detido enquanto prestava depoimento sobre o caso.