Justiça nega pedido de advogado para encerrar produção do "BBB21"

·2 minuto de leitura
Casa do BBB 21 - Fábio Rocha/Globo
Casa do BBB 21 - Fábio Rocha/Globo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Justiça do Rio de Janeiro recusou um pedido para que a TV Globo interrompesse imediatamente a produção e a transmissão do Big Brother Brasil 21. A negativa da Justiça foi em caráter inicial, cabendo ainda ser analisada em definitivo. Entretanto, até que ele seja julgado definitivamente, o programa já deve ter se encerrado. 

O processo é de autoria do advogado Fellipe Neves Mirindiba, do Rio de Janeiro. Nos documentos, aos quais o F5 teve acesso, é relatado que programas de mero entretenimento, no caso, o BBB21, não deveriam ser produzidos enquanto decretos mais restritivos devido à pandemia do coronavírus estivessem em vigor. 

Leia também

Segundo o advogado, o objetivo era que os trabalhadores da emissora fossem dispensados de exercerem a produção desses programas. O decreto em vigor na cidade do Rio de Janeiro à época previa que apenas os serviços essenciais, como os da imprensa e transmissão informativa, funcionassem, diz Mirindiba, o que não incluiria o Big Brother. 

O processo foi protocolado no dia 29 de março com pedido de tutela de urgência, durante o plantão do judiciário. A cidade passava por um superferiado, entre os dias 26 de março e 4 de abril, e, por isso, o pedido foi incialmente analisado nesse plantão. 

Como o magistrado não viu motivo para julgar o caso com urgência durante o feriado, ele deverá ser sorteado para outro juiz. Com os prazos para o pedido ser distribuído e processado, ele só deve ser analisado após o término do programa, que irá ocorrer no dia 4 de maio. 

Segundo o advogado, a divulgação do processo vem lhe causando problemas. "A veiculação do processo ontem [sexta-feira, 23] acabou me gerando uma série de ataques de pessoas que não se deram nem ao trabalho de ler o que está acontecendo. Eu não fui ao plantão por achar que era uma coisa urgente, mas por acreditar que era a única chance de ser analisado a tempo", diz. Mirindiba nega que seja algo pessoal com a Globo. "Com a repercussão da decisão chegaram até a me chamar de Bolsominion... Não é um problema pessoal com o BBB, nós até assistimos aqui em casa", conclui.