Justiça manda reter cachê de cantora Maraisa para pagar dívida milionária; cantora recorre

Leonardo Ribeiro
·2 minuto de leitura

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal, por meio da 1ª Vara de Execução de Títulos Extrajudiciais e Conflitos, determinou que o cachê da cantora Maraisa, e consequentemente de sua dupla sertaneja Maiara, fosse retido para pagar uma dívida de R$ 1.782.005,55 (um milhão, setecentos e oitenta e dois mil, cinco reais e cinquenta e cinco centavos) a Elias Fernandes da Silva. A cantora Maraisa recorre da decisão e diz que o exequente, que é seu ex-cunhado, está agindo de má-fé.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

"A Maraisa teve um relacionamento com o Senhor Raimundo (irmão do Senhor Elias), um relacionamento abusivo e tóxico, o qual a mesma sofre as consequências até os dias atuais. Durante o relacionamento, e devido a pouca idade, e pouca instrução da mesma à época, foi induzida por seu então namorado, Raimundo, a assinar várias promissórias em branco, sob o argumento de que ambos iriam adquirir uma propriedade rural.

Leia também

Das sete promissórias assinadas, apenas seis foram devolvidas depois da intervenção dos advogados da mesma. Contudo, uma das promissórias não foi devolvida, e foi preenchida à mão, pelo senhor Raimundo, tendo como credor a empresa Gaia Agribusinnes, da qual o Senhor Raimundo é sócio", diz o trecho da nota assinada pelo advogado Mauricio Vieira de Carvalho Filho, divulgada pela assessoria de Maraisa.