Pantanal: Juma reafirma independência e coloca condição em namoro com Jove

Alanis Guillen interpreta Juma em
Alanis Guillen interpreta Juma em "Pantanal" (Foto: João Miguel Júnior/Globo)

Juma (Alanis Guillen) e Jove (Jesuíta Barbosa) estão passando por um momento difícil em "Pantanal". Após se cansar de morar na fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira) e ser deixada sozinha dias a fio enquanto Jove tenta se tornar um peão digno da herança do pai, a jovem decidiu voltar para a tapera e chegou a terminar o relacionamento com Jove.

O jovem tentou se reaproximar da amada, mas sem sucesso: revoltada, Juma chegou a atirar no namorado para que ele não se aproxime de sua casa. A cena causou polêmica entre o público, que não recebeu bem o flerte entre José Lucas (Irandhir Santos) e Juma.

Nos próximos capítulos, Juma fará as pazes com Jove, mas dará um ultimato. A jovem afirmará que não irá mais morar na fazenda, e que só aceitará continuar o namoro caso Jove fique na tapera.

Revolta de Juma

A reação de Juma (Alanis Guillen) após uma conversa com Jove (Jesuíta Barbosa) no capítulo desta quinta-feira (23) repercutiu nas redes sociais e dividiu opiniões em "Pantanal". Na ocasião, os dois estavam na tapera e a filha de Maria Marruá (Juliana Paes) se revoltou com o namorado ao vê-lo repetir, mais uma vez, que a vida precisa mudar e ela deve deixar o local para viver na fazenda do pai dele.

Leia também: Tiro de Juma em Jove foi diferente na primeira versão de "Pantanal"

"Nossa vida vai mudar, Juma. Essa tapera aqui vai virar uma lembrança, uma memória nossa. Vou lembrar daqui como o lugar que conheci a pessoa que mais amo", disse o filho de Zé Leôncio (Marcos Palmeira). No mesmo momento, Juma pegou sua espingarda e surpreendeu ao expulsar Joventino de lá na base do tiro.

"Eu não vou para lugar nenhum", afirmou ela, engatilhando a arma. "Vá se embora, Joventino. Vá se embora e não volta nunca mais", continuou. "Juma, para com isso", implorou Jove, com lágrimas nos olhos. "Não quero mais saber dessa história de casamento, não quero mais saber de ocê. Avisa o teu pai para me dar o dinheiro dos meus bois, tá ouvindo? Eu não tenho dono. Agora vai!", completou Juma.

Joventino deixou a tapera chorando, dizendo que ama a moça. Antes de sair, ele falou para ela que não voltará mais. Sozinha, Juma percebeu que o que fez foi sério: "Você apontou pra ele. Você mandou ele ir embora e ele se foi. Me ama mesmo, Joventino?", questionou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos