Juliette expõe comentários xenofóbicos após eleições: "É lamentável"

Juliette em show no bicentenário da Independência do Brasil, em 7 de setembro de 2022 (Foto: Patricia Devoraes/ Brazil News)
Juliette em show no bicentenário da Independência do Brasil, em 7 de setembro de 2022 (Foto: Patricia Devoraes/ Brazil News)

A cantora Juliette usou de suas redes sociais para relatar que se tornou novamente alvo de ataques xenofóbicos após o resultado do primeiro turno das eleições, que aconteceram no último domingo (2). A campeã do "Big Brother Brasil 21" lamentou os insultos e também orientou seus seguidores a tomarem medidas cabíveis nesta situação.

“Hoje foi o dia inteiro de comentários xenofóbicos, preconceituosos. Esse post que eu fiz agora, mostra o quanto é simples a denúncia, você tira print, vai ao site da Polícia Federal ou do Ministério Público Federal, preenche o formulário e faz a sua notícia crime”, explicou nos Stories do Instagram. "Já que não há respeito, resta pelo menos justiça. É isso e no mais, é lamentável", completou ela.

Já no Twitter, a artista também comentou que mensagens que faziam ataques ao Nordeste prosseguiram: "E os ataques xenofóbicos só continuam. Excelente oportunidade para refletir o quanto isso ainda é forte na nossa sociedade."

Na última segunda-feira (3), Whindersson Nunes também usou as redes sociais para rebater comentários xenofóbicos enquanto repercutia o resultado da eleição presidencial. “O Nordeste não produz nada para o país, só quer dinheiro fácil, uma pena. Uma terra rica, porém o pessoal quer o mais fácil, a migalha do PT já deixa eles felizes”, declarou um internauta na rede social.

“’Vocês tentam esconder, mas você vê todo um povo gente boa demais, trabalhador demais, como ‘pessoas que querem dinheiro fácil’ ou que ‘não produz nada’. O Nordeste não é sua empresa, não preciso mais construir calçadas pra você andar", respondeu Whindersson.