Juliette diz que procurou padre após 'BBB21' e fala de ansiedade: "Chego a me tremer toda"

·1 minuto de leitura
A ex-BBB Juliette Freire fez sua primeira live no Instagram. Foto: reprodução/Instagram/juliette
A ex-BBB Juliette Freire fez sua primeira live no Instagram. Foto: reprodução/Instagram/juliette

Resumo da notícia

  • Juliette Freire falou sobre sua saúde mental em entrevista ao Extra, e lamentou crises de ansiedade

  • A vencedora do 'BBB21' explicou que está com medo da influência que ganhou após o reality

  • Juliette também afirmou que conversou com um padre sobre seu "endeusamento"

Em entrevista ao 'Extra', Juliette Freire afirmou que está tendo problemas em lidar com sua ansiedade após vencer o 'BBB21' e se descobrir famosa. A sister explodiu de popularidade durante o reality, e hoje já tem mais de 29 milhões de seguidores no Instagram.

"Comecei a ter problema de ansiedade no início da pandemia, mas não era algo patológico, a se tratar. Agora, está muito intenso, chego a me tremer toda. Tenho medo de tudo. Quando tem muita gente junta, temo que as pessoas se machuquem. Quando falo, temo machucar alguém. Tenho receio de usar uma palavra errada. Eu me assusto com o poder da minha opinião e as consequências dela", desabafou.

Leia também:

A advogada explicou que chegou a procurar um padre para conversar sobre a questão do "endeusamento" que enfrentou após sair da casa. "Tive uma conversa muito boa com ele sobre a questão do endeusamento, que me deixa angustiada. Sei que eu sou uma pessoa que vai falhar. Falho todos os dias. Do mesmo jeito que a repercussão tem sido muito positiva, pode vir a ter efeito contrário. Espero que os “cactos” que me conheceram e gostaram de mim com todos os meus erros, tenham empatia comigo".

O poder da sister após o reality tem sido impressionante, especialmente nas redes sociais. Após Juliette postar em seu Instagram um desabafo sobre a Covid-19 e pedir que o público use máscaras de proteção PFF2, a busca pelo termo no Brasil atingiu um pico. A última vez que o termo havia sido buscado da mesma forma foi em março de 2020, início da pandemia em território nacional.