Juliette desabafa sobre ansiedade após 'BBB21'; saiba o que é e como tratar

·2 minuto de leitura
Juliette desabafa sobre ansiedade após 'BBB21'
Juliette desabafa sobre ansiedade após 'BBB21'

Resumo da notícia:

  • A campeã do 'BBB21' revelou que está sofrendo com ansiedade após o reality

  • Juliette diz que está aprendendo a lidar com a fama

  • Saiba como identificar os sinais de ansiedade

A campeã do ‘Big Brother Brasil 21’, Juliette Freire, veio nas redes sociais contar como está sendo sua vida como famosa. A advogada agradeceu todas as mensagens dos fãs, porém confessou estar sendo difícil de lidar com os holofotes. “Não é fácil viver aquilo [reality] ali. Então, tudo requer tempo, estudo, dedicação e amor. E isso não falta", disse sorrindo em suas redes sociais.

Essa não é a primeira vez que a maquiadora veio ao público dizer estar tentando lidar com sua nova vida, em entrevista ao jornal "Extra", ela confessou ter tido crises. "Comecei a ter problema de ansiedade no início da pandemia. (...) Agora, está muito intenso, chego a me tremer toda", explicou a maquiadora, que também está indo à terapia duas vezes por semanas.

Leia também

Porém, nem sempre as pessoas conseguem prestar atenção nos alerta que antecipam a crise de ansiedade, como Juliette teve. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 9,3 da população no Brasil, possui o transtorno, sendo considerado o país com o maior índice do mundo. Às vezes não é uma tarefa muito fácil para se entender e um psicólogo pode ajudar.

Como saber se você possui o transtorno?

O corpo pode dar alguns indicativos físicos como insônia, falta de ar, formigamento, náusea, boca seca e tensão muscular e entre outras. 

Os sintomas também podem vir por meio de sensações como angústia, medo e excessos de pensamentos. Caso queira se aprofundar melhor como funciona o tratamento, já falamos anteriormente aqui sobre esse assunto: Saúde mental: o que é ansiedade e como tratá-la?

É importante destacar que possui vários tipos de transtorno de ansiedade, porém as mais comuns são ‘normal’ e a ‘generalizada’.

Normal é quando dura por pouco tempo, não exige muito esforço para ser controlada e superada.

Já o transtorno da ansiedade generalizada (TAG) é quando a preocupação se torna excessiva, apreensiva e quase que diária. O corpo também tende a se manifestar fisicamente.

O diagnóstico de ansiedade pode ser feito por psicólogos. O acompanhamento nesses casos é importante para que o curso de tratamento adequado seja traçado pelo profissional. Assim como para Juliette, este pode ser um momento de respiro, de autoconhecimento e aceitação para encarar a realidade vivida.