Juliano Cazarré teve atitude dramática no parto da filha por medo dela não sobreviver. Entenda

Reprodução, Instagram
Reprodução, Instagram

Quinta filha de Juliano Cazarré e Letícia, Maria Guilhermina nasceu no dia 21 de junho, em um parto antecipado em um mês após os médicos descobrirem, em um exame de rotina, que a bebê tem uma cardiopatia congênita rara chamada Anomalia de Ebstein, que provoca um defeito na válvula direita do coração.

Da sala de parto, após a emoção do nascimento, a menina foi direto para a mesa de cirurgia e encarou, em seus primeiros minutos de vida, um procedimento que durou cerca de 10 horas. Neste Dia dos Pais, em entrevista ao "Fantástico", o ator de "Pantanal", que precisou ser temporariamente afastado da novela das nove, revelou que tomou uma medida drástica após o nascimento da menina.

"Eu já tinha pedido pra deixarem um copo de água [na sala de parto] porque quando um bebê nasce com risco de vida, pode fazer esse batismo de emergência. Então eu batizei ela e foi um momento muito emocionante", afirmou. E revelou que teve muito medo da filha morrer antes mesmo de poder lutar pela própria vida. "Eu tinha esperanças, mas não sabia [se ela ia sobreviver]", desabafou.

Filhos mais novos de Juliano Cazarré conheceram caçula

Durante o programa da TV Globo, o artista mostrou que levou os filhos mais novos, Gaspar e Maria Madalena, para conhecerem a irmã caçula, que está...

Veja mais


Veja também

Simaria acompanha aulas virtuais da filha e entrega: 'Ela não gosta'. Entenda!
Ex de Éder Militão, Karoline Lima está impedida de voltar ao Brasil com a filha. Entenda
Tays Reis e Biel apresentam a filha, Pietra, com fotos exclusivas do parto: 'Zeramos a vida'