Juliana Paiva encerra contrato com a Globo após 13 anos

***FOTO DE ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, 23.02.2020 - A atriz Juliana Paiva. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, 23.02.2020 - A atriz Juliana Paiva. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após 13 anos, o casamento entre Juliana Paiva, 29, e a TV Globo chegou ao fim. A não renovação de contrato de exclusividade foi revelada pela própria atriz em suas redes sociais.

"A nossa relação continua e até já existem possíveis projetos futuros na casa, mas agora vou poder expandir a minha arte para outros lugares também, por não ser mais exclusiva da emissora", escreveu a artista.

No canal, ela participou de produções como "Ti-Ti-Ti" (2010), "Malhação" (2012-2013), "Além do Horizonte" (2013), "Totalmente Demais" (2015) e "Salve-se Quem Puder" (2021).

"Tenho muita gratidão pelas oportunidades e enorme carinho por essa parceria linda. Estou motivada e animada com as novas possibilidades desse meu novo momento de carreira", finalizou.

Esse novo jeito de lidar com alguns talentos tem sido mais comum na emissora. Nomes como Bruna Marquezine, Camila Queiroz, Bruno Gagliasso, Suzana Pires e Antonio Fagundes foram alguns dos artistas que não renovaram seus contratos.

Fagundes, inclusive, chegou a criticar a postura da Globo em entrevista ao podcast Flow. "O ator sempre foi um desempregado. Quando comecei a fazer teatro, você entrava em uma peça e já começava a procurar outra. Tinha que estar sempre correndo atrás para juntar um dinheirinho. E a televisão, durante um tempo, deu uma certa estabilidade com os contratos longos. Agora, com essa nova política de vínculo por produção, todo mundo está desempregado o tempo inteiro", disse.