Juliana Paes é criticada após comemorar segunda-feira: "Você vive no Brasil?"

Juliana Paes foi
Juliana Paes foi "cancelada" pelos internautas (Foto: Fabio Rocha/Globo)

Juliana Paes se tornou alvo de mais uma polêmica nas redes sociais. Tudo começou com um post da atriz sugerindo que todos sejam positivos e encarem a chegada da segunda-feira com bom-humor. O que ela pensou que traria apenas comentários fofos, no entanto, gerou uma verdadeira discussão na internet.

"E se a gente passasse a comemorar o segundou da mesma maneira que comemoramos o sextou? Isso é demais? Vejo cada semana como um recomeço, colocando tudo no lugar, refletindo e me organizando, então vejo as segundas como algo positivo. Vamo que vamo!", disse a atriz no Twitter.

Muita gente achou a publicação de Juliana Paes problemática. Internautas disseram que ela precisa levar em consideração seus privilégios e a situação do país antes de falar sobre positividade e otimismo. A postagem também foi vista como "close errado" por ter sido feita no dia em que foram encontrados os corpos dos jornalistas Bruno Pereira e Dom Phillips, que estavam desaparecidos desde o dia 5, quando foram vistos pela última vez navegando pela Terra Indígena Vale Javari.

Juliana Paes ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter, apagou o post e seguiu como se nada tivesse acontecido. Na manhã desta terça-feira (14), ela publicou: "Bom dia, bom dia, bom dia! Bora entregar nossa melhor versão? Preguiça, por favor, se vá".

A atriz, vale lembrar, já está acostumada com os "cancelamentos" na internet. No ano passado, ela brigou com Samantha Schmütz, que insistiu que artistas devem se posicionar politicamente. Em um vídeo rebatendo comentários da humorista sem citar nomes, Juliana Paes usou a expressão "delírio comunista" e foi muito criticada.

Positivade tóxica

O termo "positividade tóxica", muito utilizado nos comentários do post de Juliana Paes, ganhou destaque nos últimos anos. De acordo com a psicóloga clínica Ana Carolina Liciani, especialista em terapia cognitiva comportamental, a positividade tóxica vem de uma pressão social. É uma visão que diz que não só não devemos sentir coisas ruins como os únicos sentimentos válidos são os bons, e ter algum problema de ordem emocional torna você uma pessoa fraca e não-resiliente.

"Acredito que para resolvermos um problema é necessário conhecê-lo. Enquanto buscamos apenas sermos vistos como positivos, estamos enganando a nós mesmos sobre o que se passa em nossa vida real, em nosso interior. A preocupação em estar bem torna-se mais importante que nos ouvir e conhecer a nós mesmos e quando algo não vai bem, nos percebemos cada vez menos preparados para lidar com as frustrações e desapontamentos, já que frequentemente negamos esses sentimentos", explica a profissional.