Juliana Paes diz que chegada dos filhos encerrou "briguinhas" com a mãe: "Saía faísca"

·1 minuto de leitura
A atriz Juliana Paes e a mãe, Regina. Foto: reprodução/Instagram/julianapaes
A atriz Juliana Paes e a mãe, Regina. Foto: reprodução/Instagram/julianapaes

Resumo da notícia

  • Juliana Paes contou que o nascimento dos filhos mudou sua relação com a mãe, Regina

  • Segundo a atriz, hoje, elas estão mais unidas do que nunca

  • Antes, as duas "arianas mandonas" brigavam com frequência

Juliana Paes contou que ficou mais unida com mãe, Regina, depois do nascimento de seu filhos, Pedro, de 10 anos, e Antônio, de 7. Antes da experiência com a maternidade, a relação entre as duas era mais pontuada por conflitos.

"Todo mundo depois que vira pai ou mãe entende quase tudo dos lances, das tretas, dos gritos, das brigas com a própria mãe. Não tem como fugir disso. Eu sempre fui muito parecida com a minha. Somos duas arianas, mandonas. Tinha muita briguinha, saía faísca com a minha mãe. E depois que tive filho, eu e ela mãe viramos unha e carne, melhores amigas", afirmou a atriz, em um episódio especial do podcast Novela das 9.

Leia também:

Hoje, Juliana chega a afirmar que "virou a sua mãe". "Me sinto muito parecida com ela, e isso nos aproximou muito. A gente gosta das mesmas coisas, vive os mesmos dramas dentro de casa... Dramas íntimos até: como mulher, mãe... A gente divide uma com a outra. Isso é muito legal", disse.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Casados desde 2008, Juliana e o empresário Carlos Eduardo Baptista se tornaram pais dois anos mais tarde. Desde a chegada do primogênito, a atriz passou a encarar a vida de outra forma.

"O que me impactou, de cara, quando eu trouxe o meu primeiro para casa, e que foi um choque de realidade, foi o pensamento de: 'Caramba, agora a minha paz ou a minha alegria não depende mais só de mim'. Podem todos os livros de autoajuda falarem isso, que não adianta", declarou