Julia Lemmertz fala sobre vídeo vazado de Alexandre Borges: 'Sacanagem'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 09/09/2017 - A atriz Julia Lemmertz. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, BRASIL, 09/09/2017 - A atriz Julia Lemmertz. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) - Julia Lemmertz, 58, abriu o jogo sobre o casamento com o ator Alexandre Borges e deu sua opinião sobre o vídeo íntimo do ex-marido, vazado em 2016.

"Achei uma sacanagem. Quantas coisas fiz quando era jovem, imagina se tivesse alguém na minha cola. Mas não penso mais nisso", disse à Ela, em referência ao flagra no qual o ator estava em festa íntima com outras mulheres.

A atriz declara que o divórcio foi bastante impactante, já que passaram 22 anos juntos, e, por isso, não pretende se casar novamente, mas ela reforça que o carinho continua e que eles seguem amigos "para a vida toda". "Foi um impacto e sigo processando. Eu e Alexandre ainda estamos num processo de descolamento", afirma. "Mas estou bem, inteira, gostando de ser solteira."

Lemmertz também discutiu a importância de se posicionar no cenário político atual. "Nessa polêmica, neutro é xampu. Prefiro não ser considerada uma atriz que vende coisas que possam ser rentáveis do que me calar", disse. Ela conta que foi muito atacada nas redes sociais e decidiu parar de publicar tanto conteúdo ou rebater as críticas. "Não vou mais dar camisa para esse pessoal."

Atualmente, a atriz está no elenco da novela "Quando Mais Vida, Melhor!", da Globo, como a empresária Carmem Wollinger, que é arquirrival de Paula Terrare (Giovanna Antonelli).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos