Juan Alba define seu personagem como 'machista e preconceituoso' em 'Amor Sem Igual'

ANA BEATRIZ GONÇALVES
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL 18.09.2019 - Juan Alba (ator e apresentador). Estreia da peça

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Juan Alba, 54, não nega a complexidade do seu personagem Ramiro em "Amor Sem Igual" (Record). Nesta semana, Ramiro descobriu que o filho, Tobias (Thiago Rodrigues), é namorado de Donatella (Stephany Brito), garota de programa do Mademoiselle Olympia Night Club que o milionário quase levou para cama. 

Ramiro diz que Tobias precisa escolher entre a prostituta e os negócios da família. No capítulo desta segunda (13), Tobias chama Donatella para conversar, enquanto o pai obrigada Fernanda (Barbara França) a trabalhar na agência esportiva com a condição de empregar Beto (Pedro Nercessian). Agora, Tobias terá que dividir a direção da empresa com irmã. 

Apesar do tom rude de seu personagem, Alba não o define como violão principal do folhetim. "Tobias é o verdadeiro vilão. E ele [Ramiro] tenta fazer com que o filho seja correto, mas não consegue", disse o ator, que também acredita no lado amoroso de Ramiro.

"Ele quer preservar essa família, é uma pessoa muito solitária. O Ramiro tem uma complexidade. Com ele nada é muito o que parece ser. Ele é muito machista e muito preconceituoso", afirma Alba.

Para o ator, trazer à tona essa discussão sobre preconceito é de extrema importância nos dias de hoje. "Falar sobre a diferença social que existe no nosso país, e é cada vez mais evidente, e também a polarização que está havendo."

Na trama escrita por Cristianne Fridman, a protagonista Poderosa, vivida por Day Mesquita, é a filha renegada de Ramiro. "Ele perdeu a mulher e teve uma amante fora do casamento, que gerou Angélica [Poderosa]. Antes mesmo de a amante engravidar, ele dizia que não assumiria um filho. O que ele fala ele cumpre, que seja para o bem ou para o mal."

Juan Alba também revela que em certo momento o ego do empresário será fragilizado por problemas de saúde. "De uma hora para outra, ele vai precisar de um transplante e a sua última esperança é a filha que ele sempre renegou, e acha que está morta. Os outros dois filhos, Tobias e Fernanda, não serão compatíveis.

O ator faz questão de agradecer a oportunidade de viver um personagem com "tantas complexidades". "Para mim é um presente fazer um personagem como esse, que tem tantas nuances. Ele também tem um lado super-bacana, já que revela novos jogadores de futebol na empresa Bras Esportes, que normalmente são garotos de famílias humildes. Ele transforma essas vidas." 

Para Alba, não só Ramiro mas como também outros personagens trazem "uma discussão saudável pro momento que estamos vivendo", como define o artista. 

Com uma longa história de trabalhos na Record, Juan Alba fez a novela bíblica "Jezabel" em 2019, em que interpretou Obadias. Entre 2009 e 2014, o ator participou de "Os Mutantes: Caminhos do Coração", "Mutantes: Promessas de Amor", "O Preço Certo", "A História de Ester," "Rebelde", "Dona Xepa", e "Milagres de Jesus e Plano Alto".