Juíza rejeita pedido de Johnny Depp de arquivar processo movido por Amber Heard

Johnny Depp credit:Bang Showbiz
Johnny Depp credit:Bang Showbiz

A juíza Penney Azcarate rejeitou um pedido de Johnny Depp de arquivar a ação de US$ 100 milhões [cerca de R$ 480 milhões] movida por Amber Heard contra ele.

De acordo com a decisão da magistrada, a equipe jurídica da estrela apresentou evidências suficientes para garantir o andamento do caso. Heard está rebatendo o processo de seu ex-marido depois que Depp moveu uma ação contra ela por difamação. A atriz alega ter sido vítima de violência doméstica durante o seu casamento com o astro, o qual, por sua vez, nega todas as acusações da ex-esposa.

"Houve discussões e coisas do tipo, mas nunca cheguei ao ponto de bater em Amber de forma alguma. Eu nunca bati em nenhuma mulher na minha vida", disse ele em seu depoimento.

A supermodelo britânica Kate Moss - ex-namorada de Depp - deve prestar depoimento a favor do ator no tribunal nesta quarta-feira (25).

De acordo com a revista 'Entertainment Weekly', a estrela, de 48 anos, será interrogada pela equipe jurídica de ambas as partes após Amber alegar, durante uma das audiências, que Depp teria empurrado a modelo escada abaixo enquanto eles namoravam nos anos 1990.

"Lembrei dos relatos que ouvi de que ele empurrou uma ex-namorada - acredito que foi Kate Moss - escada abaixo. Ouvi esse boato de duas pessoas e estava fresco na minha mente", afirmou Amber em seu testemunho.

A modelo nunca fez uma acusação formal contra o ator.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos