José Leôncio cria "gincana" e coloca filhos um contra o outro em "Pantanal"

Marcos Palmeira como José Leôncio (Reprodução TV Globo)
Marcos Palmeira como José Leôncio (Reprodução TV Globo)

Antes preocupado em não ter um herdeiro para deixar sua fazenda e seu legado como peão, José Leôncio não pode reclamar em "Pantanal": além de Jove, que veio do Rio de Janeiro para tentar conquistar o afeto do pai, o personagem tem Tadeu e José Lucas disputando sua atenção.

Sem se preocupar com as consequências negativas da rivalidade entre os filhos, o peão irá incentivar que eles briguem entre si para conseguir se provar aos olhos do pai. Durante o aniversário de Jove, José Leôncio fará com que os filhos disputem o item de família mais precioso que possui: a sela de prata do pai, Joventino.

"Conheci o mundo montado nessa sela ao lado dele. Calculem o valor que ela tem pra mim. É tanto que eu mesmo nunca tive coragem de montar nela depois que ele se foi", explicará José Leôncio. Já bêbado, o personagem dirá que os filhos precisarão disputar quem ganhará o item. "Esta sela, que foi do maior peão que conheci na minha vida, vai ficar com aquele que vencer os outros dois numa raia".

A situação entre os filhos de José Leôncio já não estava boa antes da festa. Jove está com ciúmes da aproximação entre Juma e José Lucas, e o carioca também se desentendeu com Tadeu em sua primeira comitiva ao lado da boiada.

Cenas de machismo

Uma cena forte entre Zé Leôncio (Marcos Palmeira) e Joventino (Jesuíta Barbosa) despertou gatilhos no público. E não é para menos. Na ocasião, o peão expulsou o próprio filho de casa e disparou várias declarações machistas e homofóbicas. O filho enfrentou e rebateu o que foi dito, mas foi "vencido" pelo poder do pai e resolveu buscar abrigo na casa de Juma (Alanis Guillen). Nas redes sociais, internautas disseram que se sentiram mal assistindo a novela. Muitos se colocaram no lugar de Jove (Jesuíta Barbosa) e confessaram que já passaram por situações parecidas em casa.

Zé Leôncio (Marcos Palmeira) está revoltado com o filho desde sua chegada no Pantanal. Ele não criou o herdeiro e ficou surpreso quando conheceu o rapaz na fase adulta. O jovem chegou com discursos desconstruídos, vegetariano, com medo de cavalo e incapaz de matar uma mosca. Não demorou muito para Joventino (Jesuíta Barbosa) virar piada na região e sua masculinidade ser questionada.

Relembre

A aproximação de Jove (Jesuíta Barbosa) com Juma (Alanis Guillen) foi o que motivou a discussão entre pai e filho. O peão deu a entender que o filho estava se relacionando com a moça e não gostou quando o herdeiro respondeu que é possível gostar de uma mulher sem o interesse sexual. Em conversa com Filó (Dira Paes), Zé Leôncio (Marcos Palmeira) afirmou que o filho é uma "fêmea", o chamou de vagabundo por não ter uma profissão e o criticou por não ser como os outros peões do Pantanal.

Movido pelo ódio, ele foi até o quarto onde Jove (Jesuíta Barbosa) descansava e o expulsou de vez de casa. "Sou homem, meu pai. Não preciso sair no braço com outro cara, não preciso andar de cavalo e contar vantagem sobre mulher para ser mais homem ou menos homem que o senhor", defendeu o filho. "Você só tem meu sangue. Você puxou sua mãe e aquele avô jogador de baralho (...) Eu não sou o pai que você esperava e você não é o filho que eu queria ter mais eu. Faz tua mala e vai. Volta para o seu mundo, Joventino. Vamos tentar esquecer na medida do possível o desgosto que um tem feito o outro passar", disparou o dono das terras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos