Jornalista tira máscara ao vivo em transmissão nos EUA e se emociona: "Foi um ano difícil"

A repórter Raquel Krähenbüh, correspondente da Globonews em Washington, se emocionou ao tirar a máscara pela primeira vez durante a transmissão ao vivo do programa 'Edição das 16h'. A jornalista explicou as novas diretrizes do governo americano para pessoas que já foram vacinadas, e afirmou que a vida começa a retomar a normalidade fora do Brasil.

"Os Estados Unidos começam a voltar à normalidade. E eu vou fazer agora uma coisa ao vivo que a gente está querendo fazer há muito tempo. Pela primeira vez, posso tirar minha máscara para entrar ao vivo", comemorou.

Leia também

De acordo com diretrizes do CDC (Centro de Controle e Prevenção Doenças Infecciosas) norte-americano, pessoas que já tomaram as duas doses de qualquer vacina contra a Covid-19 não são mais obrigadas a usar máscaras, até mesmo em locais fechados. Os EUA já vacinou cerca de 35% de sua população, mas ainda enfrenta resistência de grupos anti-vacina e extremistas religiosos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos