Jornalista investigativo afirma que Putin está 'gravemente doente' e parecendo um 'hamster'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Vladimir Putin credit:Bang Showbiz
Vladimir Putin credit:Bang Showbiz

Um jornalista investigativo escreveu em seu novo livro que Vladimir Putin está "gravemente doente" e parecendo um "hamster".

O britânico John Sweeney, autor de 'Killer in the Kremlin' ['Assassino no Kremlin', em tradução livre], relatou em sua obra as mudanças físicas e psicológicas do presidente da Rússia, e alegou que Putin toma medicamentos esteróides desde que sofreu uma queda de cavalo.

Desde o início da invasão da Rússia à Ucrânia, a saúde de Putin vem sendo alvo de especulações, porém a suposta "doença" que acomete o chefe de Estado permanece desconhecida.

Sweeney escreveu em seu livro: "É possível que Vlad, o envenenador, tenha se envenenado? É possível. Ele não é um homem são. E isso levanta um questionamento. Poderia Vladimir Putin, sabendo que não tem muito tempo de vida, matar todo mundo?".

O jornalista premiado entrevistou Putin em 2014 para a emissora BBC e observou que as características do líder russo mudaram, afirmando que há oito anos ele parecia um "réptil", enquanto atualmente ele parece um "hamster enfermo".

Sweeney acrescentou que acha plausível que Putin tenha se envenenado intencionalmente.

"E tal destino seria tanto irônico quanto engraçado, caso o 'paciente' do Kremlin não tivesse o controle do maior arsenal de armas nucleares do mundo, por mais enferrujadas que sejam. Mas ele tem", escreveu o autor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos