• Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Jornalista é criticada após dizer que Martinho da Vila "desconversou" ao falar de milícias

Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Vera Magalhães causou polêmica e foi criticada ao perguntar para Martinho da Vila durante o 'Roda Viva' sobre a relação entre as escolas de samba e o crime organizado. A Vila Isabel anunciou que homenageará o sambista em seu samba enredo de 2021, e Vera quis saber sobre a ligação da escola com a milícia.

Constrangido, Martinho hesitou e afirmou não saber de nenhum miliciano dirigindo escolas de samba. "A escola de samba sempre foi ligado ao jogo do bicho, que foi inventado em Vila Isabel. Eu não vejo a milícia dirigindo escola de samba. Não tenho essa notícia. Na Vila Isabel não tem esse problema".

Leia também:

Vera insistiu, afirmando que o miliciano Adriano da Nóbrega, morto em 2020, tentou infiltrar a Vila Isabel em algumas ocasiões. Adriano, acusado de chefiar a milícia Escritório do Crime, morreu durante uma operação policial no interior da Bahia e tinha ligações com o governo de Jair Messias Bolsonaro - Flávio Bolsonaro, filho do presidente, já fez homenagens ao ex-policial militar e empregou em seu gabinete a mãe e esposa do miliciano.

"Quem? Tentativa, porque não me lembro disso. Não tenho notícia, nenhuma foto dele lá dentro, desse Adriano", respondeu Martinho da Vila. Nas redes sociais, Vera afirmou que Martinho tentou "desconversar" sobre o assunto.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Tunico da Vila, filho de Martinho, rebateu o questionamento da jornalista, afirmando que seu pai merecia ter sido tratado com mais respeito.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos