Jorge Kalil garante Tiago Nunes e evita previsões sobre retorno do futebol no Brasil

Jorge Kalil, ao lado de Alessandro e Duílio Monteiro Alves, em 2019. Foto: Daniel Vorley/AGIF

A pandemia do CoronaVírus paralisou o futebol no mundo inteiro, praticamente. Autoridades do setor ainda não sabem como o ano esportivo terá sequência, pelo andamento da situação universal. No Brasil, não há projeções nem dias marcados para retornos dos treinamentos e competições.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O blog entrevistou o Dr. Jorge Kalil, médico e diretor de futebol do Corinthians, a respeito do CoronaVírus e do momento no Clube. Confiram.

Leia também:

Como o Sr. observa e analisa tudo que está sendo dito e feito pelas autoridades?

Nós estamos diante de uma pandemia. Como tenho dito, uma pandemia causada por um micro-organismo que nenhum de nós é capaz de ver, de enxergá-lo a olho nu. E não há armas nucleares, mísseis, não há bomba atômica que possa vencer esse micro-organismo. Tenho dito que estamos diante de uma terceira guerra mundial causada por algo que começou na China e está abalando o mundo inteiro. As medidas que estão sendo tomadas estão sendo extremamente importantes, que devem ser levadas ao pé da letra, exercendo com isso cidadania, patriotismo e saber que realmente estamos diante de alguns riscos. O que me causa perplexidade e revolta algumas vezes, é que mesmo diante à seriedade que há pelo CoronaVírus, alguns oportunistas tiram proveito desta pandemia. Algumas promessas de curas, remédios. Vemos também orientação sobre alimentação, alguns poucos fisioterapeutas notificando, sugerindo exercícios para que o vírus não comprometa os idosos. Isto é muita coisa que não deve ser levada em consideração. Aos oportunistas, que vão às favas. Aos profissionais de saúde, que todos eles, desde o simples homem que está fazendo a limpeza, à escriturária que interna os pacientes e aos médicos e paramédicos, enfim, todos os profissionais de saúde, nosso respeito e admiração. Esta classe não fugirá à luta e irá até o fim. E que as nossas autoridades possam, também da mesma forma, adaptar-se, incentivar, dedicar-se a essa terceira guerra mundial.

Jogadores do Corinthians estão disciplinados nas orientações? Todos no clube estão bem?

Jogadores do Corinthians, assim como toda a população brasileira, está disciplinada. Todos os brasileiros estão empenhados, raríssimos aqueles que não têm consciência dos seus deveres. Não só os jogadores do Corinthians, mas todos da comissão técnica, funcionários, pessoal de suporte, diretoria, enfim, todos os brasileiros estão empenhados e o elenco do Corinthians está muito bem sim. Muito bem amparado, orientado e assistido. Não só os jogadores do Corinthians, mas de todas as equipes do Brasil. Dos menores ao mais gigante, que é o Corinthians.

A médio prazo, o Sr. vê as atividades voltando ao normal ou isso é um risco?

Há uma incógnita em relação de quando tudo voltará ao normal. Depende muito da letalidade, de como a população brasileira irá encarar essa pandemia. Depende muito da assistência que nossos governantes possam dar, em especial à população mais carente. É impossível fazer uma previsão neste momento. Vejam, por exemplo, que a China, após ter controlado a pandemia, voltou a ter casos. Novamente, há o receio de que tudo possa começar do zero em relação à letalidade e agressividade deste vírus. Não dá para responder a pergunta de que quando voltará ao normal, e sim é um risco que esse vírus está causando. Mexeu no mundo inteiro e como disse, anteriormente, um ser invisível que não sabemos onde está e estará e que armas nucleares não serão capazes de intimidá-lo. Portanto, as medidas devem ser preventivas e todos estão exaustos de saber quais são. Fica aqui um apelo e uma recomendação: vamos vencer essa terceira guerra mundial. Todavia, precisamos de luta, precisamos ser sérios, patriotas e obedecer a todas as regras e disciplinas necessárias para que saiamos deste inimigo.

Tiago Nunes segue como técnico do Corinthians?

Claro que sim.

Tiago Nunes ocupou o noticiário dos últimos dias no Corinthians, sobre a possibilidade de ser dispensado, devido ao mau aproveitamento do time. Kalil confirmou sua permanência, encerrando a questão.

Veja mais de Alexandre Praetzel no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.