Jonas acredita em virada de Mari no 'BBB': "Ela não está ali para ser um personagem"

Jonas e Mari estão juntos há quatro anos (Foto: Reprodução/Instagram/@jonas.mbt)

Mari Gonzalez, que apareceu muito pouco no ‘BBB 20’ até aqui, começou a se destacar no jogo após uma discussão com Manu Gavassi. A influenciadora já tentava conversar com Manu há um bom tempo, mas a amiga de Bruna Marquezine dizia que não estava a fim. A situação dividiu opiniões nas redes sociais.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Após insistir muito pelo papo, Mari falou que não entendia o afastamento de Manu, deixou claro que não pensa da mesma forma que Flayslane e falou sobre empatia e sororidade, algo tão defendido por Gavassi, ao explicar sua amizade com Flay mesmo discordando de várias atitudes dela. O assunto rendeu e acabou trazendo visibilidade para o jogo de Mari Gonzalez.

A conversa fez com que muitas pessoas olhassem para ela de uma forma diferente. Segundo Jonas Sulzbach, namorado da influencer e ex-BBB, o jogo começou a virar para sua companheira quando ela ficou até o final de uma prova de resistência com Thelma.

Leia também

Jonas acredita que foi depois desse dia que Mari garantiu mais espaço na edição do programa. A volta do paredão com Manu e Felipe Prior, mesmo sendo coadjuvante, também pode ter contribuído para que ela sentisse mais segurança para mostrar o que pensa dentro da casa.

“Estou bem contente. Nunca duvidei que esse momento chegaria. Conheço a mulher que tenho. Estamos juntos há 4 anos e sabia que Mari ia começar a aparecer mais à medida que outras pessoas fossem eliminadas. Ela ainda não tinha conseguido um destaque legal. O que precisava era que a edição desse mais valor à ela”, avalia Jonas.

Para o ex-BBB, a conversa com Manu foi importante, pois Mari falou o que muitas pessoas pensam e estavam esperando alguém dizer. “Não adianta pregar algo e não ter paciência para pelo menos ouvir. Muita gente falou que amizade não se cobra, mas ela só queria entender algo. A intenção dela não foi prejudicar a Manu naquela conversa”, defende ele, que acredita na possibilidade de sua namorada se tonar a campeã do ‘BBB’.

“Muitas mensagens legais já chegaram para a Mari, muita gente dizendo que queria que ela saísse e agora está torcendo para ela. A Mari tem muita coisa para mostrar ainda, mas já conseguiu mostrar a essência dela. Ela não está ali para ser um personagem. Ela não precisa ficar combinando voto pra conseguir algo, ela joga com o coração mesmo”, explica Jonas.

No início do programa, muitas pessoas cogitaram a possibilidade de Mari Gonzalez ter entrado com um jogo pronto a partir das experiências vividas por Jonas no ‘BBB 12’. O rapaz ficou em terceiro lugar na edição que participou, mas afirma que nunca traçou estratégias com a namorada.

“Não existe fórmula para se dar bem no ‘BBB’. Eu só falei pra ela não ter medo de se jogar, expressar sentimentos. Falei pra chorar para limpar a alma quando sentisse vontade e isso ela está fazendo até demais”, diz ele, aos risos.

Dificuldades

Jonas acredita que tem sido mais difícil acompanhar sua namorada dentro do programa do que ter vivido tudo aquilo no passado. Sentir que as pessoas estão sendo injustas sem poder falar nada ou aconselhar Mari a agir de outra forma e ainda ter que lidar com haters na internet é o que tem pesado para ele.

“Acho mais difícil estar aqui fora com alguém que você ama lá dentro do que ser um participante. Estou acompanhando integralmente. Sei de tudo que está acontecendo. Às vezes, você vê uma história, uma situação, e vários perfis postam de uma forma diferente. Às vezes, a gente só quer defender, falar que a pessoa não faria isso aqui fora, e muita gente encara mal”, desabafa o rapaz.

Torcedor número 1 de Mari, Jonas confessa que já deixou de ler tudo o que falam sobre ela na internet porque não tem como dar conta e isso já não estava fazendo bem para a sua saúde. “Já chorei de saudade e por situações injustas envolvendo a Mari. Muita gente que torce para outros participantes não se importa com fake news, publica só para prejudicar. Não é fácil”, afirma o ex-brother.

O modelo conta que aprendeu com Mari a resolver tudo no diálogo e que em casa a moça é muito calma. Em discussões de casal, por exemplo, Jonas diz que ela nunca elevou a voz. “Ela tem esse jeito para resolver as coisas. Algumas pessoas acham que é jogo, mas a Mari sempre foi muito grata por tudo. Ela agradece na hora de comer, de dormir. É um sentimento nobre, ninguém tem que questionar”, opina.