Jojo cita "filósofa" Andressa Urach para defender Biel em 'A Fazenda'

Amanda Caroline
·2 minuto de leitura

Jojo Todynho está “servindo” em ‘A Fazenda 12’. Todo dia uma pérola (ou uma “treta”) nova. A última declaração da funkeira viralizou nas redes sociais por causa da citação que ela fez à uma pensadora conhecida do público do reality rural. A dona do hit ‘Que Tiro Foi Esse?’ parafraseou ninguém menos que Andressa Urach durante um discurso.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

A carioca usou uma frase da ex-peoa (Andressa participou da sexta edição do programa sob a alcunha de vice-Miss Bumbum 2012) para defender Biel, que se envolveu em polêmicas de assédio sexual e agressão antes do confinamento.

Leia também

Em meio aos demais competidores, Jojo levantou a voz e afirmou que só vai julgar o cantor pelas atitudes dele em ‘A Fazenda’. “Uma coisa é eu tomar iniciativa sobre as atitudes dele aqui. Outra coisa é jogar pedras nele por causa do passado dele”, começou.

Foi depois dessa afirmação que ela citou uma frase da “filósofa” que, segundo a internet, deixa Platão no chinelo. “Tem uma palavra que foi até a Andressa Urach que falou: ‘o passado é lugar de referência, não de permanência’”, disparou.

Seria Jojo a sucessora natural de Andressa Urach? (Foto: Reprodução/Record TV)
Seria Jojo a sucessora natural de Andressa Urach? (Foto: Reprodução/Record TV)

A fala de Todynho impactou os peões. “Perfeito isso”, concordou Cartolouco. “Sim”, respondeu Lidi Lisboa. “As pessoas têm que evoluir. Na internet tem muito desembargador e muito juiz. Nunca vi. Eles te julgam como se nunca tivessem errado. ‘Ah, quebrou um prato’. Na sua casa não quebra, c*ralho?”, finalizou.

Confira:

É claro que a frase virou meme. O Brasil quer essa frase nos anais da história do reality show. Confira:

A Grécia Antiga pira!

Os estudantes que se preparem...

E vamos de referência bibliográfica.

A ágora de Itapecerica da Serra