Johnny Depp pretende abrir mão da indenização milionária de Amber Heard

Johnny Depp e Amber Heard durante o julgamento no tribunal de Fairfax, na Virginia, Estados Unidos
Johnny Depp e Amber Heard durante o julgamento no tribunal de Fairfax, na Virginia, Estados Unidos. Foto: JIM WATSON / POOL / AF via Getty Images

Resumo da notícia:

  • Johnny Depp pode abrir mão da indenização que deve ser paga por Amber Heard

  • De acordo com os advogados, o ator não teria movido a ação pensando em dinheiro

  • Benjamin Chew confessou que ele só queria "restaurar a reputação"

Johnny Depp deve abrir mão da indenização de US$ 8,35 milhões, o que equivale a R$ 40,2 milhões, que receberia de Amber Heard após fim do julgamento do processo de difamação movido contra a ex-esposa.

Em entrevista ao Good Morning America, Benjamin Chew e Camille Vasquez, advogados de Depp, comentaram a decisão feita pelo júri ao ressaltarem que o processo "nunca foi sobre dinheiro".

Vale destacar que a principal advogada de Heard afirmou em participação no programa "Today" na semana passada que ela não teria condições de arcar com o valor definido em tribunal.

Os advogados do astro das telonas ainda reforçaram que Johnny Depp sempre deixou claro que o seu principal objetivo era "restaurar a reputação" diante das declarações públicas da atriz. "Obviamente, não podemos divulgar nenhuma comunicação entre advogado e cliente, mas como o Sr. Depp testemunhou, nunca foi sobre dinheiro. Tratava-se de restaurar sua reputação", afirmou Chew.

O advogado ainda confessou que Depp estava "na lua" com o veredito. "Era como se o peso do mundo tivesse sido tirado de seus ombros e eu sinto que finalmente, depois de seis anos, ele recuperou sua vida", concluiu Chew.

Veredito final

Em julgamento no Tribunal do Condado de Fairfax, no Estado norte-americano da Virgínia, o júri considerou que Amber Heard difamou o ex-marido Johnny Depp em texto opinativo, publicado por ela em dezembro de 2018, no qual a atriz fez uma declaração sobre abusos domésticos.

Depois de vencer a batalha judicial, Johnny Depp receberá da ex-companheira mais de 10 milhões de dólares - R$ 48 milhões na cotação atual. Por sua vez, o astro também indenizará a famosa em 2 milhões de dólares - quase R$ 10 milhões.

Entenda o polêmico caso de Johnny Depp e Amber Heard

Johnny Depp processou Amber Heard por difamação em um processo de US$ 50 milhões. A ação foi motivada por um artigo que ela escreveu para o "The Washington Post" em 2018, no qual se descreveu como uma "figura pública que representa abuso doméstico".

Embora Depp não tenha sido citado no artigo, o astro afirmou que isso lhe custou papéis lucrativos no cinema. Heard, então, contra-processou o ex-marido, com um pedido de US$ 100 milhões por causa das declarações que o advogado dele fez sobre suas alegações de abuso.

O casal se conheceu em 2011 enquanto filmava "Diário de um Jornalista Bêbado", e se casou em 2015. O divórcio foi finalizado cerca de dois anos depois.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: