Johnny Depp pede que juiz não atenda Amber Heard, que quer anular processo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*Arquivo* Rio de Janeiro, RJ, 24.09.2015 - O ator e guitarrista da banda Hollyhood Vampires Johnny Depp. (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)
*Arquivo* Rio de Janeiro, RJ, 24.09.2015 - O ator e guitarrista da banda Hollyhood Vampires Johnny Depp. (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após a atriz Amber Head pedir a anulação do julgamento que deu vitória ao seu ex-marido Johnny Depp, advogados do ator pediram ao juiz do caso que seja mantido o veredito do processo, que condenou Heard a pagar uma indenização de US$ 10 milhões —ou cerca de R$ 54 milhões.

Em documentos judiciais apresentados na segunda-feira (11), os advogados de Depp contestam as alegações da equipe jurídica de Heard de que a sentença a favor do ator carece de provas.

As reclamações da equipe de Heard sobre a identidade de um dos jurados —que teria nascido em um ano diferente daquele registrado no processo—, também foram classificadas pela defesa de Depp como irrelevantes. O indivíduo identificado nos autos como "jurado 15", não nasceu em 1945, como previam os documentos oficiais.

Após uma série de seções ao longo de mais de seis semanas, a luta judicial entre os dois atores de Hollywood foi motivada por um processo de difamação movido pelo ator após sua ex-mulher escrever um artigo de opinião na qual se dizia vítima de violência doméstica no período em que viveu com ele. O caso se encerrou no mês passado com vitória de Depp.

O júri também concedeu o pagamento de US$ 2 milhões a Heard por ter sido difamada por um dos advogados de Depp que chamou as alegações da atriz de farsa.

A equipe de Heard, no entanto, já afirmou que sua cliente deve recorrer do processo e que ela não tem dinheiro suficiente para pagar a indenização prevista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos