Johnny Depp faz acordo em caso de agressão a membro de 'Cidade de Mentiras'

*Arquivo* Rio de Janeiro, RJ, 24.09.2015 - O ator e guitarrista da banda Hollyhood Vampires Johnny Depp.  (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)
*Arquivo* Rio de Janeiro, RJ, 24.09.2015 - O ator e guitarrista da banda Hollyhood Vampires Johnny Depp. (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Johnny Depp fez um acordo com o gerente de locação do filme "Cidade de Mentiras" que havia acusado o ator de agredi-lo em 2017, durante as gravações do longa.

Gregg "Rocky" Brooks tinha aberto em 2018 um processo contra o ex-protagonista de Piratas do Caribe, que venceu há semanas outro famoso processo, o que ele moveu contra sua ex-mulher, Amber Heard, por difamação.

Segundo a revista People, o acordo foi feito semanas antes de os dois irem a um julgamento civil em Los Angeles, em 25 de julho. Como resultado, a seção judicial foi adiada até 5 de janeiro do próximo ano. Os termos do acordo ainda não foram revelados, mas, caso ele seja cumprido, o caso deve ser arquivado.

De acordo com documentos judiciais obtidos pela revista americana, o ator ficou bravo quando Brooks lhe disse que só tinha mais uma chance para filmar uma cena. O funcionário do set de gravação afirmou na denúncia que Depp o seguiu e supostamente o socou duas vezes nas costelas depois de gritar: "Quem diabos é você? Você não tem o direito de me dizer o que fazer".

Brooks ainda declarou na queixa que o ator disse que lhe daria "US$ 100 mil para me dar um soco na cara agora", após o funcionário não ter reagido aos socos. O gerente do local afirmou que Depp acabou sendo removido do set por seus seguranças.

Com Forest Whitaker e Johnny Depp, "Cidade de Mentiras" foi lançado em 2018 e conta a saga de um detetive da polícia de Los Angeles que deve resolver um dos assassinatos mais famosos dos Estados Unidos, as mortes dos rappers Tupac Shakur e Notorious B.I.G.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos