Johnny Depp cria conta no TikTok e ganha milhões de seguidores sem postar nada

Johnny Depp na chegada ao tribunal de Virginia, nos EUA, em disputa judicial contra Amber Heard
Johnny Depp na chegada ao tribunal de Virginia, nos EUA, em disputa judicial contra Amber Heard. Foto: Ron Sachs/Consolidated News Pictures/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Johnny Depp entra para o TikTok e já conta com mais de três milhões de seguidores

  • Com o fim do julgamento em processo contra Amber Heard, o ator quis se aproximar dos fãs

  • Enquanto Depp receberá US$ 10 milhões da ex-esposa, a atriz será indenizada em US$ 2 milhões

Após vitória na batalha judicial contra Amber Heard, o astro das telonas Johnny Depp entrou para o time de usuários do TikTok ao criar um perfil na rede social para se aproximar da legião de fãs que o apoiou em meio ao processo.

Embora não tenha publicado nenhum vídeo até o momento, o ator já conta com mais de três milhões de seguidores. De acordo com a plataforma, a hashtag "Johnny Depp" chegou a mais de 33,5 bilhões de visualizações, já "Justice for Johnny Depp", o que significa Justiça por Johnny Depp em português, teve mais de 20,2 bilhões de visualizações.

Em julgamento no Tribunal do Condado de Fairfax, no Estado norte-americano da Virgínia, o júri considerou que Amber Heard difamou o ex-marido Johnny Depp em texto opinativo, publicado por ela em dezembro de 2018, no qual a atriz fez uma declaração sobre abusos domésticos.

Depois de vencer a batalha judicial, Johnny Depp receberá da ex-companheira mais de 10 milhões de dólares - R$ 48 milhões na cotação atual. Por sua vez, o astro também indenizará a famosa em 2 milhões de dólares - quase R$ 10 milhões.

Entenda o polêmico caso de Johnny Depp e Amber Heard

Johnny Depp processou Amber Heard por difamação em um processo de US$ 50 milhões. A ação foi motivada por um artigo que ela escreveu para o "The Washington Post" em 2018, no qual se descreveu como uma "figura pública que representa abuso doméstico".

Embora Depp não tenha sido citado no artigo, o astro afirmou que isso lhe custou papéis lucrativos no cinema. Heard, então, contra-processou o ex-marido, com um pedido de US$ 100 milhões por causa das declarações que o advogado dele fez sobre suas alegações de abuso.

O casal se conheceu em 2011 enquanto filmava "Diário de um Jornalista Bêbado", e se casou em 2015. O divórcio foi finalizado cerca de dois anos depois.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: