John Legend critica rappers que querem ver Trump reeleito

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor John Legend fez críticas a outros colegas músicos, sobretudo rappers, que querem ver Donald Trump reeleito nos Estados Unidos. Trump disputa contra Joe Biden e celebridades já têm seus favoritos. Em discurso em comício compartilhado pelas redes sociais, demonstrou seu apoio ao candidato Joe Biden e tentou alertar os artistas. "Algumas pessoas veem a maldade, a intimidação e o egoísmo de Donald Trump e confundem isso com força, uma espécie de masculinidade distorcida. Algumas pessoas veem sua ganância e acham que é bom nos negócios", começou. "Alguns de seus antigos rappers favoritos foram enganados por essas mentiras. Acho que eles até fundaram um novo supergrupo: chama-se Sunken Place", disse Legend em referência ao filme "Corra". Dentre os rappers que apoiam Trump estão Ice Cube, Lil Wayne e 50 Cent. "Pergunte a todos os negros e pardos americanos que estão morrendo por causa desse vírus e perdendo seus empregos sob sua supervisão", emendou. Na sequência, o artista fez críticas voltadas ao próprio presidente dos Estados Unidos. "O presidente não é forte. Ele é um covarde. E sua carreira nos negócios e no governo tem sido fracasso após fracasso. Precisamos de um presidente em quem possamos confiar", disse.