João Vicente revela que já salvou Caetano Veloso de afogamento

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
No programa
No programa "Que História É Essa, Porchat?", João Vicente de Castro revela que já salvou Caetano Veloso de quase afogamento (Reprodução/YouTube/GNT)

Em participação no programa "Que História É Essa, Porchat?", que vai ao ar nesta quarta-feira (29) na TV Globo, João Vicente de Castro revelou que já salvou Caetano Veloso de um quase afogamento. De acordo com o ator e apresentador, o incidente aconteceu no mar na véspera de réveillon.

João começou a contar a história já revelando que a ocasião contava com personagens importantes e inusitados: "Estava eu, 31 de dezembro, num barco. Eu, Caetano, Queen Latifah", iniciou, já divertindo os convidados. Ele explicou a Fábio Porchat que o incidente ocorreu quando o grupo decidiu aproveitar um passeio de barco na Bahia para pular na água, quando o músico também decidiu dar um mergulho.

O cantor nadou por alguns momentos e começou a parecer cansado. "Eu nunca poderia imaginar que Caetano teria algum problema com o mar. Pra mim, Caetano mergulha e sai um caranguejo cantando 'aqui no mar', os golfinhos acompanhando...", brincou o ator. João prossegue explicando que quando viu a cena, achou estranho e decidiu se aproximar de Veloso, que é seu padrinho de batismo, que declarou: "Eu tô com medo".

“Um amigo que é mais pragmático, gritou de lá: 'Boie Caetano, boie’”, relembrou. Para não apavorar o padrinho, ele o colocou nas costas e se esforçou para retornar para a embarcação, mas o peso começou a atrapalhar. "Eu pensei: 'O que se faz numa situação dessas?'. Ouvi dizer que (se dá) um soco na cara. Dizem que é isso, mas isso tudo funciona na teoria. Agora imagina se eu dou um soco no Caetano e ele não apaga?", continuou, arrancando risadas do público.

O apresentador do "Papo de Segunda" conta que tentou solicitar um bote, mas a pessoa que conduzia o barco não conseguiu soltar para ajudá-los. Em seguida, ele tentou pegar um colete salva-vidas, mas caiu longe de onde estavam e o amigo deles também não sabia nadar para entregar a boia.

Depois de alguns segundos, conseguiram lançar o bote e todos saíram em segurança: "Entendeu o que eu fiz pela humanidade? Eu salvei a vida de Caetano Veloso, e você? Fez o que da sua poltrona?", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos