Jimmy Kimmel aborda tapa de Will Smith em Chris Rock em abertura do Oscar 2023

Jimmy Kimmel credit:Bang Showbiz
Jimmy Kimmel credit:Bang Showbiz

Jimmy Kimmel brincou da maneira como a Academia lidou com Will Smith dando um tapa em Chris Rock no Oscar do ano passado durante seu monólogo de abertura na cerimônia na noite do último domingo (12).

O apresentador de 55 anos abordou o escândalo - que viu a estrela de 'King Richard: Criando Campeãs' ganhar o prêmio de Melhor Ator logo após atacar o humorista por conta de uma piada que Chris fez sobre sua esposa, Jada Pinkett Smith - durante a abertura da celebração, solicitando a multidão repleta de estrelas a ouvir as "políticas rígidas" que foram implementadas.

“Queremos que você se divirta. Queremos que se sinta seguro. E o mais importante, queremos que eu me sinta seguro. Portanto, temos políticas rígidas em vigor. Se alguém neste teatro cometer um ato de violência a qualquer momento durante o show, você receberá o Oscar de melhor ator e poderá fazer um discurso de 18 minutos’’, começou ele.

“Sério, a Academia tem uma equipe de crise. Se algo imprevisível ou violento acontecer durante a cerimônia, faça o que você fez no ano passado - nada. Talvez até dar um abraço no agressor’’, brincou ele.

Ele também utilizou do bom humor para dizer que havia uma grande possibilidade de tal evento acontecer novamente.

"Cinco atores irlandeses foram indicados esta noite, o que significa que as chances de outra luta no palco aumentaram."

Mas Jimmy listou uma série de personagens durões - incluindo ‘Adonis Creed’ de Michael B. Jordan e o ‘Homem-Aranha’ de Tobey Maguire - que poderiam protegê-lo "se você quiser vir aqui e se divertir".

“Não temos tempo para travessuras. Esta é uma celebração de todos aqui”, acrescentou.