Jennifer Aniston causa polêmica com enfeite referente à pandemia

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Jennifer Aniston, 51, tem causado polêmica nas redes sociais por causa da decoração natalina que escolheu. Porém, engana-se quem pensa que a árvore de Natal foi o problema. Na verdade, um adereço preso a ela é que chamou a atenção. Pelas redes sociais, a artista compartilhou uma peça de sua árvore que "comemorava" a "primeira pandemia". Isso causou um alvoroço na internet e o nome de Aniston foi parar entre os mais comentados do Twitter. "É tão errado e absurdo o que a Jennifer Aniston postou que não sei nem por onde começar. "Ah pronto, lá vem a militante, a Jennifer não é obrigada a saber que a pandemia matou milhões de pessoas". Mais ou menos, na verdade ela deveria ter noção sim", disse um seguidor. "A Jennifer Aniston não está muito bem da cabeça", publicou uma outra. "Muito engraçado quem está cancelando a Jennifer Aniston por causa de um enfeite de Natal. Os ídolos da pessoa já furaram a quarentena para festinha", defendeu uma outra. Porém, no começo da pandemia, Aniston mostrou uma boa ação. Em entrevista para o Jimmy Kimmel Live!, a atriz falou sobre como estava lidado com o isolamento social em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Há três semanas confinada, a atriz de "Friends" dizia que a quarentena não tinha sido um desafio para ela, uma vez que é agorafóbica (transtorno de ansiedade marcado pelo medo de multidões, espaços abertos e situações que podem causar constrangimento). "Isso [o isolamento] é meio que um sonho -não um sonho, é obviamente um pesadelo. Mas para mim, pessoalmente, não tem sido um desafio", contou. "O mais desafiador é assistir às notícias e tentar digerir o que está acontecendo por aí". Durante o programa, ela também conversou, de surpresa, com uma enfermeira que contraiu Covid-19, e a agradeceu por seu trabalho, doando US$ 10 mil (cerca de R$ 52,9 mil) a ela.