Jason Momoa se irrita com pergunta sobre estupro em "Game of Thrones"

·2 minuto de leitura
Jason Momoa como Khal Drogo nas primeiras temporadas da série (Imagem: divulgação HBO)
Jason Momoa como Khal Drogo nas primeiras temporadas de Game of Thrones ao lado de Emilia Clarke, caracterizada como Daenerys Targaryen (Imagem: divulgação HBO)

Resumo da notícia:

  • Jason Momoa não gostou nada de ser perguntado sobre a cena de estupro que protagonizou em "Game of Thrones"

  • Incomodado por ser lembrado das atitudes do seu personagem, Khal Drogo, o ator se queixou com o repórter

  • "Essa pergunta me dá uma certa repulsa. Só queria que você soubesse isso”, falou Momoa

Jason Momoa, atual intérprete do "Aquaman" nos filmes da DC Comics, não gostou nada de ser perguntado sobre a cena de estupro que protagonizou em "Game of Thrones" durante uma entrevista ao New York Times. Incomodado com o assunto, ele disse ao repórter David Marchese que sentia "certa repulsa" pela pergunta.

Ao ser questionado por Marchese se ele se arrependia de ter interpretado as cenas de violência sexual de Khal Drogo, o seu personagem na série da HBO, Momoa respondeu a princípio que as cenas eram importantes para a construção do personagem. “Bem, era importante retratar o Drogo e seu estilo", disse ele.

Leia também:

"Você está vivendo alguém que é como um Genghis Khan. Foi algo muito, muito, muito difícil. Mas é o meu trabalho interpretar alguém assim, não é algo agradável e é assim que é o personagem. Não é meu trabalho me perguntar, ‘eu faria isso?’. Nunca me perguntaram ‘você se arrepende de algum papel?’. Vou responder assim: eu já fiz. Não voltarei a fazer”, completou.

Após o término da conversa, no entanto, Momoa fez questão de retornar ao assunto. “Quando você falou sobre ‘Game of Thrones’, você tratou de coisas envolvendo o meu personagem e eu faria tudo outra vez. Fiquei chateado por você ter me perguntado isso. Me sinto enojado, me perguntando se eu faria algo diferente. Como se um ator tivesse a chance de fazer isso”, afirmou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Nós não apenas não podemos fazer isso. Há produtores, há roteiristas, há diretores e você não pode chegar e dizer ‘não vou fazer isso porque não é kosher e não é o momento político apropriado’. Isso não existe. Então essa pergunta me dá uma certa repulsa. Só queria que você soubesse isso”, completou o astro.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos