Japoneses rezam pelo fim da pandemia em ritual anual de banho de gelo em Tóquio

Hideto Sakai
·1 minuto de leitura

Por Hideto Sakai

TÓQUIO (Reuters) - Homens vestindo tangas tradicionais e mulheres com roupões brancos batem palmas e cantam antes de entrarem em um banho de água gelada durante um ritual Shinto em um santuário em Tóquio neste domingo para purificar a alma e rezar pelo fim da pandemia de Covid-19.

Apenas uma dúzia de pessoas participou do evento anual no templo Teppou-zu Inari, reduzido neste ano por conta da crise de Saúde, em comparação com mais de uma centena no início de 2020. Espectadores não foram autorizados no evento.

Após exercícios de aquecimento e cânticos sob um céu limpo com temperaturas externas de 5,1 graus Celsius, os nove participantes homens e três mulheres entraram em uma banheira com água gelada e grandes blocos de gelo.

"Eu rezei para que o coronavírus chegue ao fim assim que possível", disse o participante Shinji Ooi, que dirige o grupo paroquial do templo "Yayoikai", após o ritual.

O Japão luta para conter um surto recente no número de infecções pelo novo coronavírus, com Tóquio reportando 1.494 novos casos neste domingo. O governo declarou um estado limitado de emergência para a cidade de Tóquio e três prefeituras vizinhas na quinta-feira, cobrindo cerca de 30% da população do país, em uma tentativa de conter a propagação do vírus.

(Por Hideto Sakai)