Jantar para Viola Davis teve pratos típicos brasileiros, mas política ficou de fora

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Moqueca capixaba, peixe com legumes e abará e, de sobremesa, cupuaçu com chocolate. Esse foi o cardápio do jantar que a atriz americana Viola Davis, 57, se deliciou na casa do casal de atores Taís Araújo, 43, e Lázaro Ramos, 43, na noite de domingo (18), no Rio de Janeiro.

Acompanhada do marido Julius Tennon, Viola fez elogios aos pratos típicos de várias regiões brasileiras, que foram escolhidos propositalmente pelo casal anfitrião. "A gente queria que ela sentisse o gostinho dos sabores nacionais, que se sentisse tentada a voltar mais vezes para cá. Por mim, ela ficaria hospedada para sempre em minha casa", brincou Lázaro Ramos.

O ator revelou que Viola e os convidados como Iza, Seu Jorge, Dandara Mariana, Ícaro Silva, Zezé Motta, entre outros não falaram sobre política nem as próximas eleições no Brasil. "Conversamos sobre as questões sociais, a representação do artista negro e a importância de viabilizar produções sobre a cultura negra", contou Lázaro.