Jane Fonda diz que só voltaria a namorar com homem mais novo

Rafael Monteiro
·2 minuto de leitura
UNSPECIFIED: 78th Annual GOLDEN GLOBE AWARDS -- Pictured in this screengrab released on February 28, (l-r) Jane Fonda speaks onstage during the 78th Annual Golden Globe Awards broadcast on February 28, 2021. -- (Photo by NBC/NBCU Photo Bank via Getty Images)
Jane Fonda faz discurso na cerimônia do Globo de Ouro 2021. -- (Photo by NBC/NBCU Photo Bank via Getty Images)

Jane Fonda está feliz sozinha. Aos 83 anos, a lendária atriz de Hollywood afirmou em entrevista à revista Harper’s Bazaar revelou que não pensa em voltar a engatar um romance - a não ser que seja com um homem mais novo.

“Não quero estar em um relacionamento sexual outra vez. Eu não tenho esse desejo”, disse a estrela, que recentemente revelou que se arrepende de não ter se envolvido sexualmente com Marvin Gaye.

Leia também:

“Então, fantasias? Tenho… Que conheço um professor ou um pesquisador, alguém com esse perfil que seja realmente capaz de amar e valorizar uma mulher, para que eu pudesse ver se sou capaz de me expor”, continuou a estrela.

Por fim, ela revelou que não se sente atraída por homens da mesma idade. “Acho que hoje talvez eu conseguisse, mas o problema é que eu ia preferir um homem mais novo. Isso não é horrível? Eu ia querer um homem mais novo, sou muito vaidosa”, afirmou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Antigos relacionamentos

Jane Fonda and Roger Vadim during 42nd Annual Academy Awards at Dorothy Chandler Pavilion in Los Angeles, California, United States. (Photo by Ron Galella/Ron Galella Collection via Getty Images)
Jane Fonda e Roger Vadim durante a cerimônia do Oscar, em 1970 (Photo by Ron Galella/Ron Galella Collection via Getty Images)

Jane Fonda foi casada três vezes. Primeiro, ela juntou as escovas de dentes com o cineasta francês Roger Vadim (1965-1973), pai de Vanessa, sua filha mais velha; Tom Hayden (1973 -1990), pai de Mary e Troy; e, por fim, Ted Turner (1991 - 2001).

Na entrevista, a estrela de filmes como "Barbarella" (1968) e da série "Grace and Frankie" analisou todos esses relacionamentos de forma geral. "O que isso tudo me fez concluir é que não sou realmente apta a intimidades”, falou. “Não são eles. Sou eu", continuou.

"Se um cara viesse e falasse, ‘vamos lá, Fonda, se mostre’, eu sairia correndo assustada. Eu sempre me atraí por homens que não fizeram isso comigo porque eles também não se expunham", finalizou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.